Sobre


História – DEZ Minutos

O jornal DEZ Minutos foi o primeiro jornal popular da cidade, lançado em setembro de 2008, trazendo uma nova proposta ao jornalismo amazonense. Desde então, consolidou-se como líder de vendas no Estado e tornou-se um dos mais vendidos do País, segundo o IVC.

A primeira edição do jornal DEZ Minutos fois às ruas em 15 de setembro de 2008, com uma tiragem de 10 mil exemplares. O jornal, inicialmente, se posicionou na faixa de leitores logo abaixo do ‘quality paper’ DIÁRIO do Amazonas, democratizando e levando informação a todas as classes sociais, conforme demonstra pesquisa da Ipsos Marplan, realizada em 2009.

O jornalismo popular com qualidade na informação é um dos pilares que sustentam a redação do DEZ Minutos, que possui uma equipe dinâmica e com grande experiência jornalística. Desde sua criação, o jornal mudou o paradigma da imprensa de Manaus ao ampliar de forma vertiginosa  a base de leitores que antes não tinha acesso aos jornais.

Durante sua trajetória, o DEZ Minutos chegou a ter uma circulação comprovada superior a 100 mil exemplares diários, de acordo com dados do Instituto Verificador de Circulação, a maior tiragem já comprovada em toda a história do jornalismo no Amazonas.

FUNDADOR – REDE DIÁRIO

Cassiano Cirilo Anunciação Batará

Nasceu em Manaus, em 13 de agosto de 1931, no bairro Educandos.

É filho de Demétria Rodrigues Anunciação e Francisco Cirilo Anunciação.

É casado com Waldelina Maciel Tavares.

Tem oito filhos e 13 netos.

É o caçula de 12 irmãos.

Ficou órfão de pai aos 8 meses de idade.

Ainda muito jovem ajudou a mãe numa funilaria de panelas, entregando produtos e fazendo cobranças.

Em pouco tempo, já adulto passou a sustentar a mãe, que faleceu aos 95 anos.

Começou a vida empresarial como motorista de táxi, depois como dono de táxi e dono de caminhão para entrega de material de construção.

Foi dono da primeira empresa de ônibus com carrocerias de madeira que circularam transportando passageiros em Manaus.

Com a empresa Ana Cássia, com ônibus com carroceria de metal, chegou a ter 223 veículos que eram responsáveis por 90% do transporte urbano de passageiros de Manaus, até 1975.

Também atuou como empresário do setor de hotelaria, com o Hotel Ana Cássia, um dos maiores instalados, à época, no Centro de Manaus.

Em 1985, fundou o jornal Diário do Amazonas, o primeiro veículo de comunicação de uma rede que, hoje, tem ojornal Dez Minutos, o portal de notícias D24AM e a TV Diário/Record News Manaus.

Também fundou o primeiro shopping exclusivo para venda de veículos em Manaus, o Manaus Auto Shopping.

Aos jovens, costuma dizer: “Procurem trabalhar e fazer tudo certo, que vale a pena”.