Quase metade dos alunos não conclui o Ensino Médio até os 19 anos

Por Gisele Rodrigues


AMAZONAS – Anuário Brasileiro da Educação Básica 2016 mostrou que quase metade dos alunos (48,9%) do Amazonas não concluiu o Ensino Médio na idade correta, até os 19 anos. Os dados utilizados na pesquisa do movimento Todos Pela Educação (TPE) são referentes ao ano de 2014.

Apenas 16,1% da população de 18 a 24 anos estavam cursando o Ensino Superior, em 2014, segundo o levantamento. Em comparação com 2013, houve um aumento de 2,4 pontos percentuais.

A responsabilidade de manter financeiramente a família, a gravidez na adolescência e o desinteresse pelas matérias apresentadas no currículo do Ensino Médio estão entre as razões que fizeram os adolescentes ficarem pelo caminho nos estudos, segundo a avaliação da diretora do Departamento de Políticas e Programas Educacionais (Deppe) da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Vera Lúcia Lima.

“Um dos grandes gargalos é o currículo, que eles não acham interessante pra ir para o mercado de trabalho. Precisamos de uma reformulação do currículo do Ensino Médio, para que ele possa ser mais flexível com o projeto de vida do aluno”, disse.

Lima também destacou o impacto da gravidez na adolescência na vida escolar. “É preocupante, porque (as estudantes) não conseguem conciliar e abrem mão dos estudos. O mesmo acontece para quem vai trabalhar e tem que fazer essa opção entre qualificar e trabalhar. Mas, depois, eles voltam quando o mercado exige a qualificação”, complementou.

VÍDEOS