Prefeitura de Manaus vai abrir concurso com 60 vagas para Assistência Social, diz secretário

Segundo o secretário Elias Emanuel, o concurso visa a contratação de 60 profissionais de níveis Médio e Superior para a área de Assistência Social do município

Sofia Lorrane

Manaus – A Prefeitura de Manaus planeja a realização de um concurso público para preenchimento de 60 vagas na área de Assistência Social. O anúncio foi feito durante coletiva, na tarde desta quarta-feira (28), na reinauguração de um Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no bairro Compensa 1, zona Oeste da capital. A informação foi confirmada pelo titular da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), Elias Emanuel, ao destacar que o concurso público está em fase de autorização pelo prefeito Arthur Neto. Ainda não há previsão para o lançamento do edital.

Segundo o secretário Elias Emanuel, o concurso visa a contratação de 60 profissionais de níveis Médio e Superior. (Foto: Márcio James/Semcom)

A assessoria de comunicação da Casa Civil da Prefeitura de Manaus informou que ainda não há previsão para realização do certame ou da publicação do edital no Diário Oficial do Município (DOM). Durante a reinauguração, o secretário também anunciou a entrega de mais seis Cras neste ano, em Manaus. O novo Centro de Referência de Assistência Social fica na Rua da Indústria, Conjunto Ipasa, bairro Compensa 1 e vai atender famílias dos bairros Compensa 1, São Jorge, Vila da Prata, Santo Antônio e São Geraldo.

“Queremos fazer do Cras uma porta aberta para todos os programas sociais que o Governo Federal vem ofertar. Mais seis serão entregues ainda este ano e o prefeito de Manaus está autorizando a realização de um concurso para a contratação de mais 60 profissionais de níveis Médio e Superior para a Assistência Social, reforçando as nossas necessidades”, afirmou o secretário municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), Elias Emanuel.

TV Digital

Na ocasião, o secretário-chefe da Casa Civil, Arthur Virgílio Bisneto, também lançou o Termo de Cooperação com a Seja Digital, que irá distribuir mais de 240 mil kits com antena e conversor para famílias de baixa renda.

A Seja Digital irá utilizar o banco de dados da Semmasdh para localizar as família de baixa renda que receberão os 240 mil kits com conversores e antena digital. O agendamento das pessoas inseridas no Cadastro Único (CadÚnico), para que possam receber o kit, devem ser feitos pelo site: http://www.sejadigital.com.br/site/kit, no telefone 147 ou em algum Cras.

A entidade tem como objetivo informar a população sobre o desligamento do sinal analógico de televisão que será feito no dia 30 de março de 2018. Para que as pessoas não fiquem sem a TV Digital, a Seja Digital irá fazer a distribuição gratuita dos kits para os beneficiários de programas sociais do Governo Federal.

VÍDEOS