PIM atrai indústrias de painéis solares

Laís Motta / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O Polo Industrial de Manaus (PIM) atrai interesse da indústria de painéis solares da China e da Alemanha, interessada em fabricar esses equipamentos que produzem energia elétrica. De acordo com a superintendente da  Zona Franca de Manaus (Suframa), Rebecca Garcia, na última quinta-feira, a autarquia foi procurada por essas empresas. Além dos incentivos fiscais, já há Processo Produtivo Básico (PPB) para este produto, informou a superintendente.

O PPB é um conjunto de etapas mínimas de produção para que as empresas tenham direito ao incentivos fiscais. A definição desse processo facilita a atração de investimentos pelo conhecimento das regras.

A implantação de fábricas de painel solar é uma das alternativas para a diversificação do polo de Manaus, na avaliação de Rebecca Garcia. “É um segmento que está de olho no potencial (do PIM)”, disse a superintendente, destacando que há projetos para a implantação de fábrica de placas solares em Manaus.

“Nós já temos um PPB para painel solar. Ele precisa de uma adequação para que o investimento se justifique, mas nós já temos indústria demonstrando interesse em produzir painel solar na Zona Franca de Manaus”, disse a superintendente.

A Suframa já contatou, por ofício, a Kyocera, empresa japonesa especializada em painel solar e líder no mercado nesse segmento. “Acredito que, no momento em que conseguirmos colocar uma (empresa) para produzir, você acaba atraindo todo o resto. É preciso que haja política pública sim, mas é preciso que haja o empreendedor na outra ponta, querendo investir, querendo empreender”, avaliou a superintendente da Suframa.

Para Rebecca Garcia, acordos climáticos internacionais e a indicação de diversos países em mudar a matriz energética para fontes mais limpas trazem confiança de que é possível ter uma produção potencial de placas de energia solar em Manaus. A superintendente lembra, no entanto, a necessidade de  mudança cultural no Brasil para que a energia solar ganhe mais espaço.

VÍDEOS