Jovem Empreendedor tem meta de formar 1 mil pessoas

O início da segunda fase vai capacitar 400 jovens para o primeiro negócio. As aulas serão diárias e serão realizadas na Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi)

Da Redação contato@jornaldezminutos.com.br

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, foi um dos palestrantes da aula inaugural da segunda fase do projeto ‘Jovem Empreendedor’, realizada, ontem, no auditório Isabel Victoria do Carmo Ribeiro, na sede da prefeitura, Compensa, zona oeste. A partir da próxima segunda-feira (11), quatrocentas pessoas participam do curso de Iniciação ao Empreendedorismo, aprendendo noções, conceitos, estratégias e atributos sobre o tema.
“Eu sei que muitos anseiam ter seu primeiro negócio para empreender e também gerar empregos. Queremos formar os jovens para concretizarem seus sonhos de se tornarem empresários de sucesso”, disse o prefeito.

O evento também foi prestigiado pela primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro.

O Jovem Empreendedor conta com a gestão da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), em parceria com a Associação de Jovens Empresários do Amazonas (AJE-AM). Na primeira etapa, mais de 1,5 mil pessoas se inscreverem para participar do projeto.

Na terceira fase, os selecionados participarão do curso de Gestão da Primeira Empresa. A quarta etapa é a facilitação para contratação de crédito da primeira empresa. Já a quinta é a própria criação da empresa, sendo a sexta fase o ‘Clube da Primeira Empresa’, onde será realizado o acompanhamento e a troca de experiências.

O prefeito Arthur Neto e a primeira-dama, Elizabeth Ribeiro, participaram da aula inaugural da segunda fase. (Foto: Mário Oliveira/Semcom)

A jovem Mírian Melre, de 17 anos, é moradora do município de Iranduba. Ela estava na plateia da aula inaugural e disse que dentro da família já existe esse incentivo de empreender.

“Minha mãe recebeu a notícia de que haveria esse curso e resolvemos que eu iria participar. Muitos jovens têm o interesse em empreender e só precisam de um ‘empurrão’ como esse”, disse a futura empreendedora.

As aulas serão diárias e serão realizadas no auditório da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), na Avenida Professor Nilton Lins, bloco D, Parque das Laranjeiras, zona centro-sul. As aulas serão de segunda a quinta-feira, das 18h às 22h, e aos sábados, das 8h às 17h.

VÍDEOS