Campanha terá mais de 1,5 mil salas de vacinação, no AM

Em Manaus 30 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) vão ter o horário estendido até às 21h para atender ao público prioritário da vacinação

Da Redação contato@jornaldezminutos.com.br

Com o objetivo de combater o surto do vírus H1N1 no Amazonas, pelo menos, 1,5 mil salas de imunização vão funcionar, a partir desta quarta-feira, nos 62 municípios do Estado. Em Manaus, onde 22 pessoas morreram vítima da gripe Influenza A, 30 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), vão ter o horário estendido para atender o público prioritário, definido pelo critério do Ministério da Saúde.

O Amazonas representa 57% dos casos de gripe Influenza A registrados em todo o País este ano, conforme afirmou o secretário Nacional de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, Wanderson Kleber de Oliveira.

No último fim de semana, o governo federal antecipou em um mês a campanha de vacinação no Estado, e enviou 1 milhão de doses da vacina que imuniza contra a doença, mas estabeleceu uma meta de imunização de 90% do público prioritário no período de 15 dias. “Essa definição estabelece as pessoas que podem evoluir para casos graves e óbitos. O Amazonas está enfrentando uma situação de emergência importante”, disse o secretário nacional, Wanderson Kleber de Oliveira.

Estão entre os grupos prioritários para serem imunizados a partir desta quarta-feira, estão crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes, profissionais de saúde e educação da rede pública e privada, indígenas, idosos com mais de 60 anos, pessoas portadoras de doenças crônicas.

Durante coletiva a imprensa realizada, na tarde de ontem, na sede do Governo, no bairro Compensa, zona oeste, o governador do Amazonas, Wilson Lima, informou que até esta quarta-feira, 48 municípios do interior já tinham recebido as vacinas para o público prioritário. Apenas na Calha do Juruá que as doses ainda não chegaram.

Em Manaus, das 30 UBSs que vão ter o horário estendido, dez vão funcionar durante a semana até às 21h, segundo o prefeito Arthur Virgílio Neto, que anunciou, também, a abertura oficial da campanha de vacinação para às 9h desta quarta-feira, no Parque Municipal do Idoso, no bairro Nossa Senhora das Graças, na zona centro-sul da capital.

Segundo o prefeito, a meta da Semsa é vacinar 90% do público alvo da capital, que é de 455 mil pesssoas. “Temos a meta ousada de chegar a esse percentual em 15 dias. Esse é o nosso compromisso, em rápida resposta a todo o esforço feito pelo Ministério da Saúde e do próprio ministro Mandetta em antecipar a campanha no Estado. Então, minhas palavras são de agradecimento”, disse.

Dia D

O ‘Dia D’ de vacinação contra a influenza será no dia 30 deste mês, quando deve ocorrer uma intensificação para a mobilização da campanha. Durante todo o período de vacinação, o Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP) vai reforçar o policiamento para evitar tumultos.

O último Boletim Epidemiológico da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), divulgados pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), confirmou 107 casos para o vírus da Influenza A (H1N1), com 27 óbitos, sendo 22 em Manaus.

VÍDEOS