Em Manaus garçom é preso e adolescente apreendida com cinco quilos de oxi na mochila

Relrison Rocha de Oliveira foi abordado pela polícia no momento em que recebia a droga de uma adolescente de 16 anos, na Avenida Coronel Teixeira

Stephane Simões/redacao@diarioam.com.br

Na delegacia, Relrison afirmou que a droga não era dele e que ‘não tem nada a ver com isso’ (Foto: Sandro Pereira)

Manaus – Uma adolescente de 16 anos e o garçom Relrison Rocha de Oliveira, 23, foram presos, em flagrante, por tráfico de drogas, na noite desta segunda-feira (21), na Avenida Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra, zona oeste da cidade. Ele estava com, aproximadamente, cinco quilos de oxi numa mochila, que foi transportada de Tabatinga para Manaus pela jovem.

Conforme o delegado e diretor do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), a prisão aconteceu por meio de uma denúncia, informando que uma jovem iria chegar no porto da Manaus Moderna, no Centro da capital, em uma embarcação vinda de Tonantins (distante 865 km de Manaus), trazendo uma quantidade de entorpecentes em uma mochila.

Chegando ao local, no momento em que identificaram a jovem, policiais a seguiram para averiguar onde ela iria entregar as drogas. A adolescente se dirigiu para a Avenida Coronel Teixeira, em frente a um shopping, e entregou a mochila para Relrison. Em seguida, os policias fizeram a abordagem e encontraram dentro da bolsa, aproximadamente, cinco quilos de oxi.

Ainda conforme o delegado, a adolescente afirmou que receberia R$ 500 para fazer essa entrega e que era a primeira vez que ela fazia isso, justificando que era por necessidade, pois precisava de dinheiro.

Na delegacia, Relrison afirmou que a droga não era dele e que ‘não tem nada a ver com isso’.

Mais apreensão no porto

Na mesma noite, os policiais do Denarc receberam outra denúncia, relatando que um homem, ainda não identificado, chegaria ao Porto da Manaus Moderna, em uma embarcação vinda do município de Tabatinga (distante 1.108 km da capital), com uma grande quantidade de drogas.

Foram encontradas duas malas com 23 quilos de maconha. do tipo skunk (Foto: Sandro Pereira)

Assim que a embarcação atracou, os policiais realizaram a abordagem e, ao perceber a presença da polícia, a pessoa responsável pela droga conseguiu fugir entre os outros passageiros do barco. Durante a revista, foram encontradas duas malas com 23 quilos de maconha. do tipo skunk.

De acordo com o delegado, grupos que realizam tráfico de drogas em região de fronteira do Estado têm transportado substâncias fracionadas para não ter muito prejuízo, caso haja apreensão.

“Nós já acompanhamos grupos que fazem esse transporte para a capital, e vamos investigar se as drogas apreendidas pertencem ao mesmo grupo”, afirmou, ressaltando que todo material apreendido está avaliado em R$150 mil.

VÍDEOS