Tia gerenciava clientes para adolescente e ‘recrutava’ colegas para prostituição

Um empresário foi preso em um motel com a menina, que tem 13 anos. Segundo a polícia, a adolescente foi aliciada na infância pelo pai e pelo avô

Filipe Távora

Manaus — A tia da adolescente de 13 anos que foi encontrada com um empresário de 37 anos, em um motel, nessa terça-feira (8), na Rua da Liberdade, bairro Colônia Terra Nova, zona norte de Manaus, mantinha uma rede de prostituição de menores, segundo a Polícia Civil (PC). Conforme a  polícia, a mulher incentivava a sobrinha a recrutar colegas de escola para os programas. A PC disse, ainda, que menina foi aliciada pelo pai e pelo avô, na infância.

A tia da menina e um empresárrio de 37 anos, encontrado com a menina em um motel, foram presos (Foto Raquel Miranda)

Conforme a delegada titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Joyce Coelho, a tia da vítima, que não teve o nome divulgado, sempre acompanhava a adolescente nos programas e a manipulava para que ela atraísse colegas de escola para a rede de prostituição gerenciada pela suspeita.

Além disso, segundo a delegada, a menina era obrigada a fazer os programas, mesmo quando estava doente. De acordo com a PC, quando a vítima chegou à Depca, nessa terça, estava com virose.

Joyce Coelho afirmou que as negociações dos programas realizados pela adolescente eram feitas diretamente com a tia e que a mulher acompanhava a adolescente. Nesta terça-feira, ela foi presa dentro do motel onde a menina foi encontrada com o empresário. “A quantia variava entre R$ 1.000 e R$ 500”, destacou a delegada.

De acordo com a delegada, a adolescente possui um histórico de abuso. “Ela tinha sido abusada na infância e, por isso, a guarda dela foi entregue para o tio, cuja esposa começou a prostituir a adolescente. A mãe perdeu a guarda dela por causa do comportamento desregrado”, explicou a delegada, afirmando que a mãe da menina se tornou usuária de drogas.

A adolescente será encaminhada para um abrigo de nome não identificado, conforme a PC.

O homem preso com ela no motel foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e a tia da adolescente, por favorecimento da exploração sexual. Os dois serão levados para a audiência de custódia no Fórum Henoch Reis. “Há indícios de que ele tenha contato com outras aliciadoras”, disse ela, com relação ao suspeito”, afirmou a delegada.

A delegada titular da Depca, Joyce Coelho, afirmou que a adolescente sofreu abuso do pai e do avô, na infância (Foto: Raquel Miranda)

VÍDEOS