Taxista é encontrado com um tiro no olho no bairro Alvorada

A polícia afirma ainda que há indícios que o crime ocorreu às 5h e que José foi morto no mesmo local em que o corpo foi encontrado

Karla Mendes/redacao@diarioam.com.br

O corpo foi encontrado por moradores da Avenida Desembargador João Machado, em uma área de vegetação (Foto: Yago Frota)

Manaus – O corpo do taxista José Lanego Neto, 65, a foi encontrado por moradores da Avenida Desembargador João Machado, em uma área de vegetação, no bairro Alvorada, zona centro-oeste de Manaus.

Policiais da 17ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados por volta das 9h e encontraram o corpo seminu, ensanguentado e com um tiro no olho esquerdo. A perícia técnica da Polícia Civil afirma que não há sinais de agressão física.

A polícia afirma ainda que há indícios que o crime ocorreu às 5h e que José foi morto no mesmo local em que o corpo foi encontrado.

Segundo o taxista Dominique Teixeira, amigo da vítima, José foi visto pela última vez as 10h30 de ontem.

“Ele me ligou 10h30, perguntando se eu estava bem, me falou que ia voltar para a casa às 12h30 porque ia começar a trabalhar às 5h”, contou Dominique. “Os filhos dele foram nos hospitais, atrás dele, mas, agora de manhã, que avisaram que encontraram o corpo”.

De acordo com Dominique, o carro do taxista foi encontrado, pelos familiares, abandonado no bairro Coroado.

“Hoje, de manhã, os filhos dele encontraram o táxi na frente da igreja Petros, no Coroado. Ele já foi assaltado duas vezes, mas a gente não sabe se dessa vez foi isso”, afirmou o taxista. “Ele era um calma muito calmo e tranquilo”.

O caso será investigado pela Delegacia Especializada Em Homicídios e Sequestros (DEHS).

VÍDEOS