Procurado por liderar bando de assaltantes é preso, próximo ao T5

Cristiano Calheiro de Souza, o 'Macaco', foi encontrado após denúncias. Ele é suspeito de integrar a quadrilha que já assaltou, pelo menos, 25 casas

Girlene Medeiros

Manaus – Suspeito de ser um dos mentores de um bando de assaltantes de casas, na zona norte de Manaus, Cristiano Calheiro de Souza, 22, o ‘Macaco’, foi preso, na manhã desta quarta-feira (4), próximo ao Terminal de Integração 5, no bairro Zumbi dos Palmares, zona leste de Manaus. O homem havia escapado da prisão durante a semana passada, mas foi denunciado à Polícia Civil (PC).

Cristiano Calheiro de Souza, 22, o ‘Macaco’, foi preso na manhã desta quarta-feira (Foto: Divulgação/PC)

Segundo o delegado Raul Augusto Neto, titular do 13º Distrito Integrado de Policia (DIP), Cristiano é suspeito de integrar o bando que, para a polícia, pode ter relação com o roubo e furto de 25 casas. Com a prisão de Cristiano, segundo o delegado, já são, pelo menos, dez pessoas presas suspeitas de participarem do bando criminoso, que conta com 12 integrantes. “O modus operandi (deles) é de madrugada. Eles rendem as pessoas nas casas. O ‘Macaco’ estava escondido dentro de uma casa e faz parte do bando”, disse o delegado.

Neto afirmou que Cláudio Coimbra dos Santos, o ‘Boca’, e Ednelson Ferreira dos Passos, o ‘Ed’, presos no último dia 2 de março pela equipe do 13º DIP, falaram, em depoimento, que os roubos das casas eram liderados por Cristiano.

Conforme a equipe do 13º DIP, o bando usava chaveiros para abrir as fechaduras das portas das casas das vítimas. A equipe do 13º DIP procura por Maurício Farias da Mata e Agnaldo Amorim de Carvalho, o ‘Velho’, que são suspeitos de fazer parte do bando criminoso.

Cristiano vai responder por roubo, organização criminosa, tráfico de drogas e corrupção de menores.

VÍDEOS