Presa quadrilha que praticou roubos a caixas eletrônicos e cofres, no AM

Segundo a polícia, o grupo é investigado desde abril do ano passado. Parte dele é responsável pelo roubo de R$ 104 mil do Centro Psiquiátrico Eduardo Ribeiro

Carla Albuquerque / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Uma organização criminosa, presa no último final de semana, em Nova Olinda do Norte (a 135 quilômetros a sudeste de Manaus), pelas polícias Civil e Militar, foi responsável por uma série de roubos a caixas eletrônicos e cofres de instituições privadas, em Manaus, desde o ano passado. Segundo o delegado de Roubos e Furtos, Adriano Félix, o grupo era chefiado por Sérgio Barroso Nascimento, 36, que foi um dos que invadiu, em abril deste ano, o Centro Psiquiátrico Eduardo Ribeiro, de onde levaram R$ 104 mil.

Organização criminosa foi presa em Nova Olinda do Norte (Foto: Raquel Miranda)

O delegado informou que a organização, formada por Barroso e mais sete pessoas, entre elas Palmela Brenda Carvalho de Brito, 24, e Ingrid Mesquita Cabral, 26, chegaram ao município ainda na última sexta-feira (18). Eles foram presos quando tentavam invadir uma agência dos Correios.

Além deles, foram presos Huan Mendonça de Lima, 21, e Darison de Souza Ramos, 24. A dupla, segundo o delegado, junto com Barroso, participou do assalto ao Centro Psiquiátrico. Já Eduardo Silva da Mota, 20, e Ângelo Augusto Tavares Pantoja, 23, roubaram, ano passado, uma agência dos Correios no bairro Alvorada, zona centro-oeste da capital, e também uma rede de supermercados, na Ponta Negra, zona oeste.

“Nós já estávamos monitorando essa organização criminosa desde abril, quando eles roubaram o Centro Psiquiátrico. Nossas equipes foram para o município após teremos recebidos informações de que praticaram um roubo na cidade”, disse Félix.

O delegado explicou que o grupo já havia escavado um túnel de acesso à agência e foram presos na tentativa de invasão. As prisões foram efetuadas pelas equipes da Derfd, com apoio da Polícia Militar (PM) do município. O grupo foi autuado em flagrante por furto qualificado tentado e associação criminosa. Eles serão encaminhados ao Centro de Detenção Provisória Marculino e Feminino (CDPM) (CDPF).

VÍDEOS