Polícia do AM ganha reforço de 51 fuzis, coletes e capacetes

Conforme o comandante-geral da PM, coronel Cláudio Silva, o principal objetivo da aquisição do armamento é o combate ao narcotráfico

Filipe Távora contato@jornaldezminutos.com.br

As polícias Civil (PC) e Militar (PM) receberam, ontem, o reforço de 51 fuzis de assalto, 95 capacetes balísticos, pistolas e coletes balísticos. Conforme o comandante-geral da PM, coronel Cláudio Silva, o principal objetivo da aquisição do armamento é o combate ao narcotráfico, tanto na capital quanto no interior do Estado.

Dos 51 fuzis, 33 serão distribuídos para a PM, dois para a PC, 12 para a PM na região da fronteira e quatro para o Departamento de Operações Aéreas (Dioa), da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

Dos 51 fuzis, 33 serão distribuídos para a PM e dois para a PC (Eraldo Lopes)

Os coletes balísticos e as pistolas PT 840 serão distribuídos para a PC, enquanto os capacetes balísticos serão enviados à PM.

Segundo o comandante Silva, a aquisição dos armamentos é essencial para o combate ao crime. “É importante receber esses armamentos, especialmente pelo nível de enfrentamento que temos tido nos últimos anos. Precisamos deles para fazer um enfrentamento de igual para a igual com a criminalidade, para que nossas tropas possam se sentir tranquilas nos combates ao crime”, afirmou.

Há cerca de dez dias, uma granada de bocal, que utiliza para lançamento um fuzil 762, foi encontrada em um beco, no bairro Nova Esperança, na zona centro-oeste de Manaus. Granadas como esta são de uso exclusivo do Exército Brasileiro.

VÍDEOS