Pega com pistola, mulher de traficante volta a ser presa

Segundo a Polícia Militar, Luciana Uchôa Cardoso, conhecida como ‘Estrela’, 35, foi abordada após ultrapassar o perímetro permitido de monitoramento da tornozeleira eletrônica

Jucélio Paiva contato@jornaldezminutos.com.br

Monitorada por uma tornozeleira eletrônica, a presidiária Luciana Uchôa Cardoso, conhecida como ‘Estrela’, 35, foi presa, em flagrante, na tarde de ontem, em posse de uma pistola calibre 380 milímetros. ‘Estrela’ é mulher do narcotraficante Marcos Roberto Miranda da Silva, o ‘Marcos Pará’, condenado em 2018 pela morte do delegado da Polícia Civil (PC) Oscar Cardoso, ocorrido em 2014.

Luciana ultrapassou o perímetro permitido de monitoramento da tornozeleira eletrônica e foi presa, em flagrante, no momento que dirigia um carro modelo HB20, de cor grafite e placa QNH- 2971, na Avenida Desembargador João Machado (Estrada dos Franceses), bairro Alvorada 1, zona centro-oeste de Manaus, de acordo com informações do tenente Guilherme Martins, das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam).
A mulher é apontada pela polícia como uma das líderes do tráfico de drogas no bairro Alvorada. Ela teria assumido o controle da venda de drogas na área, após a prisão do marido dela, o narcotraficante ‘Marcos Pará’, condenado a mais de 25 anos de prisão pela morte do delegado da PC Oscar Cardoso, ocorrida no dia 9 de março de 2014, no bairro São Francisco, zona sul da capital.

‘Estrela’ foi presa no momento que dirigia um carro modelo HB20, de cor grafite e placa QNH- 2971, na Avenida Desembargador João Machado. (Foto: Divulgação/PM)

Facção

‘Marcos Pará’ também é apontado como um dos líderes da Facção Criminosa Família do Norte (FDN) e cumpre pena pelo assassinato em um presídio federal, em Mossoró, no Rio Grande do Norte (RN).

Até o fechamento da página, a suspeita seguia detida na sede do 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde deveria prestar depoimento ainda na noite de ontem.

VÍDEOS