Mais de 53 veículos roubados em Manaus são apreendidos no interior do AM

Os proprietários podem recuperá-los na Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), a partir de segunda-feira (25)

Filipe Távora / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Três carros e 53 motocicletas roubados foram recuperados nos municípios de Urucará, Itapiranga e São Sebastião do Uatumã, pela Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), no início desta semana. Os veículos, que se encontram com as placas clonadas, foram roubados em Manaus e enviados ao interior do Estado, de acordo delegado-geral da PC, Mariolino Brito. Os proprietários já foram notificados e podem recuperar os pertences na Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv).

Conforme Brito, os donos dos veículos devem se dirigir à Derfv, na Avenida Professor Nilton Lins, bairro Flores, a partir de segunda-feira (25), portando os documentos de identificação para recuperarem as posses roubadas. “Nossa atividade visa investigar como cada um desses casos aconteceu”, afirmou o delegado-geral.

“Muitos veículos roubados na capital são levados para o interior do Estado. Podemos observar, aliás, que os carros e motos apreendidos nessa operação são novos. Então, o prejuízo das pessoas, que está sendo recuperado, é muito grande”, relatou o delegado-geral.

Mariolino Brito afirma que tem certeza de que o número de veículos roubados em circulação no interior do Estado é muito maior do que os que foram apreendidos neste caso. “Os nossos municípios são muito grandes e os meios de se chegar neles são diversos. Essas posses roubadas podem ir parar lá através de barcos e estradas. Por isso, estamos verificando cada município, especificamente. Às vezes, veículos roubados, como esses, são usados como moeda de troca no tráfico e nos homicídios. Por causa disso, nosso levantamento precisa ser detalhado, para chegarmos em cada um desses casos”, explicou.

Prisões em flagrante

A PC prendeu em flagrante, durante a operação de apreensão dos veículos, Adinael Pereira da Costa, 34; Arildo Azevedo Lopes, 22, e um adolescente de 17 anos, que responderão por tráfico e associação ao tráfico. “Interrogaremos os presos para descobrir quem foi que vendeu essas posses a eles e como esses veículos roubados chegam ao interior. Também queremos saber quem os intercepta”, disse Mariolino Brito.

O delegado-geral informou que há a suspeita de que essas motocicletas estavam sendo usadas em crimes e tráfico de drogas no interior do Amazonas. “Estamos realizando operações dessa natureza em todos os municípios”, disse.

VÍDEOS