Suspeito de tráfico de drogas é executado de joelhos no Nova Cidade

Segundo a polícia, o atirador, antes de matar a vítima anunciou: ‘Aqui é o Pablo do PCC, quem manda aqui é nós’

Gisele Rodrigues/ redacao@diarioam.com.br

Manaus – Natalício Almeida Mota Filho, 30, conhecido como Sem Braço, foi executado com oito tiros, na tarde deste domingo (6), no bairro Nova Cidade, conjunto Carlos Braga, zona norte. Segundo a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o atirador, antes de matar a vítima anunciou: ‘Aqui é o Pablo do PCC, quem manda aqui é nós’.

No momento da execução, o suspeito, identificado como Pablo, usava uma tornozeleira eletrônica, o que indica, segundo a DEHS, que estava liberdade condicional ou no regime semiaberto.

Sem Braço, conforme a investigação, tinha envolvimento com o tráfico de drogas e o assassinato ocorreu como forma de alerta a traficantes da área.

O autor do homicídio, que aconteceu na Rua Marmeleiro, segundo relatos repassados à Especializada, chegou acompanhado de outros dois homens e mandou Sem Braço ajoelhar para que ele atirasse.

No Instituto Médico Legal (IML), a causa da morte foi identificada como hemorragia cerebral, traumatismo craniano.

O caso será investigado pela DEHS.

VÍDEOS