Homem é executado com três tiros após buscar mulher no trabalho, no Distrito Industrial

Vítima caminhava com a mulher quando eles foram abordados por dois criminosos em uma moto. Mulher foi poupada após pedido da vítima: "a bronca é comigo e não com ela"

Jucélio Paiva / redacao@diarioam.com.br

Suspeita da motivação da morte são dívidas da vítima com o tráfico de drogas (Foto: Jucélio Paiva/Divulgação)

Manaus – Efraim Gomes da Silva, 33, foi executado com três tiros no rosto, na tarde desta quarta-feira (28), enquanto caminhava com a namorada dele, próximo ao Calçadão, no Distrito Industrial, zona sul da capital. A vítima havia acabado de pegar a mulher, em uma empresa do Distrito, quando foi abordada por dois homens em uma motocicleta, conforme informações do sargento Mario Lasmar, da 7ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

A esposa foi poupada pelos criminosos a pedido da vítima, segundo o sargento Lasmar. “A industriária contou que o Efraim disse ‘a bronca é comigo e não com ela’, então o garupa desceu da moto e atirou só no rosto dele. Suspeitamos que a vítima conhecia os executores”, disse.

O crime aconteceu por volta das 16h45, na Avenida Açaí. Segundo o sargento Lasmar, a mulher, que não teve o nome e idade divulgados, relatou que acredita que o marido tenha sido assassinado por causa de dívidas de drogas.

Ela contou aos policiais da 7ª Cicom que dois homens em uma motocicleta Bros amarela, de placa não identificada, pararam perto do marido enquanto eles seguiam a pé pela avenida. Policiais civis do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), estiveram no local, mas o crime deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

VÍDEOS