Homem morre e irmão dele é preso após troca de tiros com PM

Os irmãos e mais três homens, que conseguiram fugir, são suspeitos de assaltar um sítio na zona leste da capital, segundo o tenente Ramon Alves

Jucélio Paiva contato@jornaldezminutos.com.br

Um homem, identificado como Daniel Lourenço de Amorim, morreu, e o irmão dele, Jefferson Lourenço de Amorim, foi preso, durante um tiroteio com policiais militares das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), na tarde de ontem, na Comunidade Parque São Pedro, bairro Tarumã, zona oeste de Manaus. Os irmãos e mais três homens, que conseguiram fugir, são suspeitos de assaltar um sítio na zona leste da capital, conforme informações do tenente da Rocam, Ramon Alves.

Os irmãos não tiveram as idades divulgadas, mas, segundo informações do tenente Ramon Alves, eles e os três comparsas fizeram uma família refém, durante um assalto a um sítio, localizado no bairro Puraquequara.

Na tarde desta segunda-feira, os policiais receberam uma denúncia anônima, de que os suspeitos estavam em uma casa, localizada na Rua Nova Paraíso, na Comunidade Parque São Pedro. Os militares foram até o local, mas foram recebidos a tiros pelos suspeitos, que estavam armados com uma escopeta calibre 12 e um revólver calibre 38. Durante o confronto, Daniel acabou baleado e morreu ao dar entrada no Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz.

Parte dos objetos roubados durante o assalto ao sítio, como televisão, aparelho de som e celulares, foi recuperada pelos policiais da Rocam. Jefferson foi levado ao 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para prestar depoimento sobre o caso.

Preso, Jefferson Lourenço de Amorim foi levado ao 19º DIP ( Eraldo Lopes)

VÍDEOS