Homem morre com tiro na cabeça em balneário do Santa Etelvina

A polícia suspeita que o crime seja um acerto de contas por tráfico de drogas

Karla Mendes / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Um homem morreu, na noite deste domingo (16), após ser atingido na cabeça com disparos de arma de fogo. Ederson Barros Vilena, 33, morreu no local do crime, na Alameda A, localizada no bairro Santa Etelvina, zona norte de Manaus.

Segundo informações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), testemunhas disseram à polícia que o homem estava em um balneário, deitado em uma rede, quando dois suspeitos entraram no local e realizaram os disparos. A polícia afirma ainda que os homens estavam a pé no momento do crime.

O crime ocorreu na Alameda A, bairro Santa Etelvina, zona norte de Manaus (Foto: Raquel Miranda)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De acordo com moradores da via, Ederson era envolvido com o tráfico de drogas da região e foi assassinado dentro de um balneário por volta das 20h.

Uma testemunha, que pediu para não ter o nome divulgado, afirmou que o balneário é conhecido como ponto de venda  e consumo de drogas.

“Esse lugar vive cheio de gente que se droga. Nós já contamos oito pessoas que morreram do mesmo jeito”, disse a testemunha.

A DEHS suspeita que o crime seja um acerto de contas por tráfico de drogas, mas ressalta que o caso segue a ser investigado.

VÍDEOS