Homem é preso por tocar em partes íntimas de jovem ao entrar em ônibus, no T4

Adolescente denunciou que foi assediada no momento do embarque. A mãe percebeu a jovem chorando e, após saber o que aconteceu, chamou a polícia

Carla Albuquerque

Manaus – O lavador de carros Hélio Genezio Thomaz, 26, foi preso, na última terça-feira (27), após ser denunciado por suspeita de passar a mão na região íntima de uma adolescente de 17 anos. O crime foi praticado no momento em que a jovem entrava em um ônibus do transporte público, no Terminal de Integração 4 (T4), na Avenida Camapuã, no Jorge Teixeira, zona leste de Manaus. As informações são da assessoria da Polícia Civil (PC).

O caso aconteceu no Terminal 4, na zona leste de Manaus (Foto: Sandro Pereira/Arquivo)

A PC informou que a prisão foi efetuada por policiais militares após a mãe da jovem, uma mulher de 39 anos, ter denunciado o crime. Em depoimento na Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca), a adolescente informou que, por volta das 7h, ela e mãe aguardavam o ônibus da linha 678. No momento do embarque, durante o alvoroço para entrar no veículo, sentiu que o infrator tocou o ânus e a vagina dela.

À Polícia Civil, a mãe da vítima relatou que a adolescente começou a chorar e, por isso, questionou a razão dela estar chorando. A jovem contou à mãe o ocorrido e reconheceu Hélio, que estava sentado no fundo do ônibus. Em seguida, a mulher acionou a guarnição da Polícia Militar (PM), que prendeu o suspeito em flagrante.

Em depoimento na Depca, o lavador de carros negou ter cometido a prática criminosa. Hélio foi autuado em flagrante por estupro. Ao término dos procedimentos cabíveis na Depca, ele será levado para Audiência de Custódia.

VÍDEOS