Homem é espancado após ser flagrado estuprando criança de 4 anos, diz PM

De acordo com moradores, o homem foi visto praticando o crime em um loteamento, no bairro Jorge Teixeira. Ele é vizinha da vítima

Da Redação

Manaus – José Ferreira de Freitas Filho, de idade não divulgada, foi espancado e ferido com golpes de arma branca, na tarde dessa terça-feira (7), suspeito de ter sido flagrado estuprando uma criança de quatro anos, em um loteamento na Rua Malvarisco, bairro Jorge Teixeira, zona leste da capital. De acordo com o relatório do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), o homem é vizinho da vítima.

O suspeito entrou no loteamento em que a criança mora e a estuprou, segundo testemunhas (Foto: Raquel Miranda)

A delegada titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Joyce Coelho, informou que o fato aconteceu no bairro Jorge Teixeira. Conforme o Boletim de Ocorrência (BO), uma mulher de 21 anos informou que havia deixado seus filhos, brincando em uma área comum da vila onde mora.

Segundo a mãe, a filha dela, uma criança de quatro anos, estava apenas de calcinha no momento que brincava com o irmão próximo a casa de José Ferreira de Freitas Filho. Quando a mãe retornou ao lugar onde as crianças estavam, de acordo com a delegada, percebeu que só estava o filho e quando perguntado onde estava a irmã, a criança apontou para a casa do suspeito.

Na ocasião, conforme informou a Polícia Civil, a jovem entrou na casa do homem, que estava com a porta aberta, e viu o indivíduo. A mãe disse à polícia que ele estava assustado, porém estava vestido, e percebeu que a filha estava com a calcinha rasgada.

Ao perguntar o que ele estava fazendo com a filha dela, o mesmo disse que ela estava desenhando. A criança saiu correndo da casa de José. Quando a mãe da criança perguntou a vítima o que estava acontecendo, ela disse que o homem tinha acariciado suas partes íntimas quando apontou para sua genitália.

A mãe da criança em desespero pediu ajuda. Populares que estavam na redondeza ouviram os pedidos de socorro, entraram na casa do homem que precisou de ajuda da polícia para conter a população.

José foi levado para uma unidade hospitalar, e os policiais militares trouxeram a mãe e a filha dela para a Depca para registrar a ocorrência. Após a realização dos autos e apreensão da calcinha da criança que foi levado para perícia, a mãe e a criança foram ouvidas, foi expedido requisição de exame de conjunção carnal e coito anal com material genético, até o presente momento o infrator segue recebendo atendimento na unidade hospitalar.

A delegada ressaltou que foi instaurado Inquérito Policial (IP) para apurar o caso. As oitivas serão realizadas e as investigações seguem em andamento pela Depca.

VÍDEOS