Ex-terceirizados da PC falsificavam RGs para empréstimos bancários, diz polícia

Suspeitos trabalharam no Instituto de Identificação. Integrantes da organização criminosa foram presos no momento em quem tentavam realizar um empréstimo no valor de R$ 44 mil

Carla Albuquerque / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Dois ex-funcionários terceirizados do Instituto de Identificação da Polícia Civil do Amazonas (PC) foram presos, nesta terça-feira (6), suspeitos de integrar uma organização criminosa. De acordo com o diretor do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), Guilherme Torres, a dupla e mais dois suspeitos falsificavam Carteiras de Identidade, o Registro Geral (RG), para efetuar empréstimos bancários, em Manaus.

Grupo foi apresentado à imprensa na manhã desta quarta-feira (Foto: Raquel Miranda)

Segundo a PC, Francilene Ximenes Firmino, 28, Ronaldo Zagary Lopes, 46, Benedito Lúcio de Lima, 48, e Plácido Otávio Vieira da Silva, 32, foram presos em flagrante no momento em quem tentavam realizar um empréstimo no valor de R$ 44 mil com documentos falsos.

Grupo foi apresentado à imprensa na manhã desta quarta-feira (Foto: Raquel Miranda)

O diretor do DRCO explicou que a polícia passou a monitorar o grupo, após ter recebido uma denúncia anônima. Francilene e Ronaldo atuavam no Instituto de Identificação de onde foram exonerados, segundo o delegado, em 2015.

“Somente nas últimas 24 horas eles, tentaram movimentar cerca de R$ 70 mil. Ainda não sabemos quantos eles conseguiram com esses golpes e desde quando eles estavam atuando na cidade. As investigações ainda estão iniciando sobre esses levantamentos”, disse Torres.

Conforme as investigações, Ronaldo era quem fazia os desvios das cédulas de identidade em branco e repassava para Francilene. Em seguida, eles repassavam os documentos para Plácido, que era quem fazia o levantamento de nomes para serem colocadas nas cédulas.

O grupo foi autuado em flagrante por estelionato tentado e organização criminosa, além de peculato. Eles serão levados para audiência de custódia.

Grupo foi apresentado à imprensa na manhã desta quarta-feira (Foto: Raquel Miranda)

VÍDEOS