Estudante de 13 anos é encontrado morto após sair de barco, em Manaus

De acordo com a Polícia Militar, o jovem tinha ido brincar de empinar papagaio, mas não retornou. O corpo foi encontrado boiando, no Puraquequara

Filipe Távora

Manaus – O corpo do estudante Deivison de Santana Dias, 13, foi encontrado, na manhã desta segunda-feira (27), na Comunidade Bela Vista, no bairro Puraquequara, zona leste da capital. De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima havia ido, de barco, ao bairro Colônia Antônio Aleixo, também na zona leste, para brincar de empinar papagaio, no último sábado (25), mas não retornou.

Corpo foi encontrado na manhã desta segunda-feira (Foto: Filipe Távora/Divulgação)

A polícia foi acionada por populares, por volta das 8h30, de acordo com policiais militares da 28ª Companhia Interativa de Polícia (Cicom). O corpo da vítima boiava no rio, quando foi encontrado por um catraeiro, que o levou até a margem.

Moradores achavam que o adolescente estivesse com um corte no pescoço, provocado por arma branca. Mas o Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) desmentiu a suspeita. O rosto do cadáver havia sido comido por peixes, ainda conforme a perícia. Não foram encontrados sinais de agressão física.

O Instituto Médico Leal (IML) removeu o corpo da área e, depois de realizar os exames, verificará a causa da morte. No local, os pais estavam muito abalados e não quiseram falar com a imprensa. A Delegacia Especializa em Homicídios e Sequestros (DEHS) também esteve presente no local e deve investigar o caso.

VÍDEOS