Auxiliar metalúrgico morre com três tiros na zona leste de Manaus

Segundo informações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, o suspeito do crime é conhecido como 'Elias'

Karla Mendes / redacao@diarioam.com.br

Segundo a polícia, Sidney Ferreira foi atingido com disparos na nuca, costas e peito, por volta das 21h (Foto: Reprodução/Raquel Miranda)

Manaus – O auxiliar metalúrgico Sidney Pinheiro Ferreira, 24, morreu, com três tiros, na noite de quinta-feira (13), na Rua Alecrim, na segunda etapa do bairro João Paulo, zona leste de Manaus.

De acordo com a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Sidney foi atingido com disparos na nuca, costas e peito, por volta das 21h. Os registros afirmam ainda que o suspeito do crime é conhecido como ‘Elias’.

Segundo um vizinho de Sidney, que pediu para não ter o nome divulgado, o homem trabalhava, fazia um curso técnico e não tinha envolvimento em brigas.

“Ele era um homem de bem, às vezes ia trabalhar como metalúrgico e estava fazendo um curso de Petróleo e Gás. Ontem, ele estava em casa, quando uns caras o chamaram para conversar e eles foram até o final da rua. Lá, já tinham outros homens esperando por ele e começaram a atirar”, contou a testemunha.

Outros moradores afirmaram a reportagem que Sidney já teve envolvimento com grupos do tráfico de drogas da área, mas que não colaborava mais há anos.

O homem chegou a ser levado ao Hospital e Pronto-Socorro Dr. Aristoteles Platão Araújo, na zona leste, mas morreu no caminho. O caso será investigado pela DEHS.

VÍDEOS