Autônomo com tornozeleira eletrônica é morto com mais de dez tiros, na Glória

De acordo com a polícia, a vítima tinha passagem pelo crime de roubo. O crime aconteceu no cruzamento da Rua dos Inocentes com a Rua 1° de Julho

Filipe Távora

Manaus – O autônomo Eliton Alves Nogueira, 27, foi morto com mais de dez tiros, na noite dessa terça-feira (10), no cruzamento da Rua dos Inocentes com a rua 1° de Julho, bairro Glória, zona oeste de Manaus. De acordo com a Polícia Civil, quatro tiros acertaram a cabeça da vítima, que usava tornozeleira eletrônica e tinha passagem por roubo.

O crime aconteceu no cruzamento da Rua dos Inocentes com a Rua 1° de Julho (Foto: Sandro Pereira)

O fato ocorreu por volta das 19h e Eliton morreu no local. De acordo com policiais da 5ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), três homens se aproximaram de Eliton em um carro Fiat Uno, da cor azul e placa de final 1738, e pararam ao lado da vítima. Os criminosos efetuaram mais de dez disparos, quatro acertaram a cabeça, e o restante o peito, braços e pernas de Eliton.

Ainda conforme policiais da 5ª Cicom, Eliton usava uma tornozeleira eletrônica. Investigadores da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) relataram que a passagem da vítima pela polícia foi por roubo.

“Ele era um menino quieto, lembro dele brincando aqui na rua, soltando papagaio. Usava uma tornozeleira, acho que por roubo, mas era um menino bom”, declarou uma moradora da área, que preferiu não se identificar.

A identidade dos criminosos e a motivação do crime permanecem desconhecidos. O caso é investigado pela DEHS. O corpo da vítima deu entrada no Instituto Médico Legal (IML) por volta das 23h do mesmo dia em que ocorreu o assassinato.

VÍDEOS