Atiradores que mataram jovem no Parque Dez procuravam namorado da vítima, diz DEHS

A vítima foi identificada pela polícia como Bruna Freitas Rodrigues. Polícia afirma que o namorado dela tem envolvimento com o tráfico de drogas

Carla Albuquerque / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O nome da jovem encontrada morta na manhã desta segunda-feira (21) na Colônia Japonesa, bairro Parque 10, zona centro-sul de Manaus, é Bruna Freitas Rodrigues, segundo a Polícia Civil (PC). Conforme as investigações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Bruna foi executada por atiradores que procuravam o namorado dela, identificado apenas como ‘Carlinhos’ do São Jorge. A polícia diz que ele tem envolvimento com o tráfico de drogas.

Segundo a PC, a jovem tinha 23 anos de idade. Com base em relatos, a polícia diz que a vítima foi sequestrada na Rua Vicente Torres Reis, bairro São Jorge, zona oeste de Manaus, por volta das 4h50 desta segunda-feira, por criminosos que usavam arma de fogo.

LEIA TAMBÉM: Mulher é executada no Parque Dez; polícia suspeita de sequestro 

De acordo com a polícia, os atiradores procuravam pelo namorado da vítima – que foi levada até o bairro Parque Dez, onde foi executada. O corpo dela foi encontrado por volta das 6h, na Rua Heisei, no conjunto Colônia Japonesa.

No local do crime, segundo a PM, foram encontradas várias cápsulas de pistola. De acordo com a perícia do Instituto de Criminalística (IC), a vítima foi morta com dois tiros na cabeça e outros dois nas costas.

O caso é investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

VÍDEOS