‘Assustador’, diz padre sobre assalto em casa paroquial

Sozinho, o assaltante entrou no local pelo basculante da igreja, na zona sul de Manaus, durante a madrugada. O bandido roubou dinheiro, carteiras, celulares e fugiu em um carro, após fazer ameaças

Édria Caroline contato@jornaldezminutos.com.br

Um bandido assaltou a casa paroquial da Igreja Nossa Senhora Consoladora dos Aflitos, no bairro Betânia, zona sul da capital, na madrugada de ontem, e roubou dinheiro, carteiras, celulares e um carro. De acordo com informações do padre Thiago Barbosa, o assaltante agiu sozinho e entrou pelo basculante da igreja.

“Ele atravessou a igreja toda e foi até o quarto do seminarista e o levou para o meu quarto, onde passou a fazer ameaças”, contou. O padre disse que o assaltante estava nervoso, violento e a todo o instante apontando a arma de fabricação caseira para a cabeça dele e do seminarista, fazendo ameaças de morte.

“Ele estava bastante agressivo, o tempo todo perguntando pelo dinheiro da igreja e eu explicava que o dinheiro não ficava aqui. Aí ele saiu pegando tudo o que estava ao alcance da visão dele, chaves, relógios e carteiras”, explicou o padre.

Depois de pegar os objetos pessoais, o assaltante ainda trancou as vítimas no banheiro e continuou a procurar por dinheiro no local. Em seguida, saiu com o padre e o seminarista, levando-os até a garagem. “Ele mandou abrir o portão e viu o carro. Pegou a chave e mandou eu entrar no porta-malas. Mas eu tentei me manter calmo, o tempo todo conversando com ele, pedindo para que ele não fizesse nada conosco. Foi então que ele desistiu e fugiu com os nossos objetos e com o carro”, disse o padre Thiago.

Além do veículo, modelo Ônix, cor branca e de placa PHD-2073, dois relógios, duas carteiras, um celular e cerca de R$ 70 em dinheiro foram levados da casa. “A ação toda deve ter durado uns 15 minutos. Mas nós ficamos apavorados, foi tudo tão assustador, que parece que durou uma eternidade”, relatou o padre.

O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), zona centro-sul de Manaus.

Nervoso, o assaltante agiu com violência, apontando a arma de fabricação caseira para a cabeça das vítimas (Foto: Sandro Pereira)

VÍDEOS