Vendas no comércio caem 11,9% em setembro, mostra IBGE

Laís Motta /Dez Minutos


Manaus – O comércio do Amazonas chegou a sua 22ª queda consecutiva, considerando o mês de setembro deste ano, em relação mesmo mês de 2015. A queda de 11,9% no volume de vendas é reflexo da retração do consumo no Estado, apontam os dados da pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta quinta-feira (10).

O volume de vendas no Amazonas apresentou uma redução sobre redução, em setembro. As vendas já haviam sido 9,8% menores em setembro de 2015 sobre o mesmo mês de 2014. Desta vez, o volume foi 11,9% menor sobre um resultado já negativo. A receita nominal de vendas no comércio varejista caiu 0,6% em relação a setembro de 2015.

Os dados do IBGE mostram que ocorreu uma piora no setor comercial, nos últimos três meses, mesmo com a ocasião do Dia dos Pais e Dia das Crianças. Em julho, houve retração de 7,1% e em agosto de 9,7%, queda que foi piorada em setembro.

O resultado negativo de maior impacto, em 2016, ocorreu em maio (-15,1%), mês de Dia das Mães, considerada a segunda melhor data em vendas para o comércio.

Com mais um resultado ruim para as vendas, o comércio do Amazonas chegou a sua 22ª queda consecutiva. Novembro de 2014, com crescimento de 1,7%, foi o último mês em que houve aumento em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Outros subsetores

O volume de vendas no comércio varejista ampliado, que inclui, além do varejo, as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção, apresentou queda de 13,5% em setembro, em relação ao mesmo mês do ano anterior. O último resultado positivo para o varejo ampliado foi em novembro de 2014, quando houve crescimento de 4%.

A receita nominal de vendas no comércio varejista ampliado retraiu 5,9% em setembro, na comparação com o mesmo mês do ano passado.

VÍDEOS