Preso em Manacapuru, homem confessa que atirou em sargento da PM

Por Danilo Alves


Manaus – Daniel Costa Neto, o Danielzinho, suspeito de ter atirado no sargento reformado da Polícia Militar Sebastião Figueira da Silva, foi preso na tarde desta sexta-feira (1°), em Manacapuru. Ele foi encontrado por volta de 13h50, na casa da tia dele, no bairro da Liberdade.

Segundo informações do sargento Firmino Ferreira Oliveira, do Grupo de Policiamento do Município de Manacapuru, Danielzinho confessou que atirou no policial e enterrou a arma em uma área do bairro Santa Etelvina, na Rua São Severino, na zona Norte de Manaus. Ainda conforme o policial, o suspeito ainda tentou fugir pela janela.

Danielzinho era procurado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Ao longo desta quinta-feira (30), também foram presos Dioney Melo da Silva, 19; Wemerson de Aquino Azevedo, 25, e Tiago Liberato de Souza, 21, que confessaram a participação na morte do sargento da PM.

Sebastião Figueira da Silva foi atingido com dois tiros na cabeça, por volta das 17h40 de quarta-feira (29), dentro de um estabelecimento comercial, localizado na Rua Escavalo, na comunidade União da Vitória, no Tarumã.

O sargento fazia a segurança particular do estabelecimento comercial, quando três homens chegaram no local, em um veículo gol preto, placa JWY 4359, e tentaram rendê-lo. Houve troca de tiros e a vítima acabou sendo atingida com dois tiros na cabeça.

VÍDEOS