Mulher encontrada morta na mata do Campus da Ufam

Thiago Monteiro / portal@d24am.com


Manaus – A mulher encontrada morta na mata do Campus da Ufam, na manhã deste domingo (27), era, na verdade, a vendedora de cosméticos  Inara Façanha Amorim, 26.

O corpo foi encontrado seminu e sem documentos. A primeira hipótese da polícia era de que a vítima era moradora de rua, segundo relatos de moradores da área. Mas ainda na tarde de domingo, familiares identificaram o corpo no Instituto Médico Legal (IML),  zona norte de Manaus. O corpo de Inara foi encontrado com indícios de espancamento, esganadura e abuso sexual.

“A última vez que a vi com vida foi no último sábado (26), aqui no Japiim. Algumas pessoas a viram na rua Polivante e por último em um karaokê durante a madrugada de domingo”, disse uma prima da vítima, de 22 anos.

Ainda conforme a familiar, Inara foi vista saindo do karaokê, com dois homens. Até o momento, a polícia não sabe se a vítima saiu em um carro ou moto com os suspeitos.

“Ela não era moradora de rua. Tinha família, filhas e marido”, contou a prima.
A vítima tinha três filhas com idades de nove meses, cinco anos e 13 anos.

O assassinato é investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), onde os autores são desconhecidos para a polícia.

VÍDEOS