Motoboy confessa latrocínio e diz que ‘agia’ às 6h e meio-dia

Thiago Monteiro /Dez Minutos


Manaus – O motoboy Orlan de Oliveira Pereira, 37, foi preso na última sexta-feira (4), por envolvimento no latrocínio, roubo seguido de morte, do auxiliar de refrigeração Lucas Espírito Santo de Oliveira, 20, que ocorreu no dia 8 de outubro deste ano, na Avenida Margarita, bairro Cidade de Deus, zona norte de Manaus.

De acordo com o delegado Adriano Felix, da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), o motoboy foi capturado pela polícia através do reconhecimento de duas outras vítimas, que haviam sido assaltadas. “Essa é a sexta vez que o Orlan é preso. Ele costumava fazer assaltos as 6h e 12h. Também confessou ser usuário de drogas”, disse o delegado.

No dia do crime, Orlan conduzia uma motocicleta Falcon, vermelha e placa NAI-2641. Segundo Felix, o motoboy estava com um revólver de calibre 38, quando se aproximou de Lucas e um amigo, que não teve o nome divulgado, e estavam a caminho do trabalho. Orlan anunciou o assalto, as vítimas tentaram fugir, porém Lucas foi ferido a tiros e morreu no local.

Orlan foi preso na Rua Rouxinol, no bairro Coroado, enquanto conduzia a moto e estava com uma arma de fogo, com duas munições. Em depoimento, Orlan confessou o crime. Na justiça, ele já responde a crimes de roubo, receptação e porte ilegal de arma de fogo. Ele foi autuado por porte ilegal de arma de fogo e será indiciado por latrocínio. Ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).

VÍDEOS