Invicto há 5 anos, Naldo Silva busca o cinturão nos EUA

Thiago Fernando / portal@d24am.com


Manaus – O World Series of Fighting (WSOF), evento de MMA americano que busca crescer no cenário mundial e alcançar os consolidados UFC e Bellator, preparou para o último dia do ano, em Nova Iorque, um evento histórico. Reunindo os seus melhores lutadores, a edição 34 do WSOF trará quatro disputas de cinturão. Entre elas, a mais esperada é a da categoria dos galos (até 61 kg) que será entre o friburguense Marlon Moraes, considerado um dos melhores atletas do mundo nessa categoria, e o roraimense, radicado em Manaus, Naldo Silva.

Sem saber o que é perder desde 2011, Naldo Silva chega para o confronto com o desejo de fazer história. Aos 30 anos, o atleta que treina em Manaus com o mestre Márcio Pontes, na Nova União, detém todos os principais cinturões de eventos nacionais, incluindo o do Jungle Figth. Contra Moraes, Naldo fará sua estreia no cenário internacional e sabe que uma vitória no WSOF será o ‘cartão de visita’ perfeito.

“Será uma luta muito acirrada. Apesar do Marlon (Moraes) ser um campeão dominante na categoria, estou chegando para fazer a diferença. O WSOF me deu essa oportunidade e sabem que sou capaz de ganhar esse título, disse o atleta.

Pelo cinturão dos leves (até 70 kg), o brasileiro Luiz Firmino tentará tirar o título do americano Justin Gaethje. Os ex-UFC Jon Fitch e Jake Shields disputarão cinturão dos meio-médios (até 77kg). Na divisão dos médios (até 84 kg), o embate será entre os americanos David Branch e Louis Taylor. O evento começa às 14h (de Manaus) e será transmitido pelo canal Ei Maxx.

VÍDEOS