Após mortes em confronto de facções, PM realiza operação Javali em Manacapuru

Jucélio Paiva /Dez Minutos


Manaus – Após a morte de dois homens, e uma criança de 2 anos sair ferida em um confronto de facções criminosas em Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), o comando da Polícia Militar (PM), anunciou na noite de quinta-feira (13), a operação Javali, que tem o objetivo de dar um “choque de ordem”, em áreas consideradas vermelhas do município. A informação foi confirmada pelo major André Luiz Gioia,  comandante do 9º Batalhão (BPM) do município.

Um confronto entre duas facções criminosas de Manacapuru, ocorrido na noite da última terça-feira (11), terminou na morte de Diego Maradona Bandeira de Souza, conhecido como “Diego Olhão”.

Já na noite de quarta-feira (12), Marcos Antonio da Silva Ataíde, 24, foi preso na noi, suspeito de matar um homem, e ferir mais duas pessoas, entre elas, uma menina de 2 anos, em Manacapuru. 

Marcos foi preso, após dar entrada com um tiro no braço, no hospital do município.

Conforme o major, Marcos é suspeito de matar a tiros, Anderson Marina Pedrosa, e balear um homem identificado como Fabrício Bandeira, 23, além da criança de 2 anos.

Operação

De acordo com o major, desde a noite da última quarta-feira, equipes da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) da Força Tática, e do Comando de Policiamento Especializado (CPE), foram deslocadas para a cidade.

Segundo o major André Gioia, a operação dará um choque de ordem nos bairros com maior índice criminal, com abordagem a veículos, bares e similares, becos e vielas.

VÍDEOS