Técnico do Flamengo tira titulares de cena, após derrota

Foto: Divulgação/Flamengo

Estadão Conteúdo / portal@d24am.com

Rio de Janeiro – Prevenir é melhor do que remediar. É pensando nesta máxima que o Flamengo enfrenta o Resende, neste sábado (18), no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pela segunda rodada da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

Embora o próximo duelo pela Copa Libertadores seja apenas em 12 de abril, quando recebe o Atlético Paranaense, Zé Ricardo decidiu poupar quase todos os titulares para hoje. E nem mesmo a derrota para a Universidad Católica, na última quarta-feira – e a possibilidade de perder dois jogos consecutivos – fez o treinador mudar de ideia.

Depois de retornar do Chile, o elenco só se reapresentou na tarde de ontem, em treino fechado para a imprensa. Os principais titulares, contudo, sequer foram relacionados. E, assim como na goleada sobre a Portuguesa, por 5 a 1, no último sábado, o treinador apostará na rodagem do elenco para evitar lesões.

O time, porém, terá algumas novidades em relação ao jogo anterior pelo Carioca. Gabriel, por exemplo, sentiu um desconforto muscular e está fora. Mancuello, por outro lado, depois de ser poupado no jogo da Libertadores, será titular. Alguns atletas que iniciaram o jogo no Chile, como Rômulo, também devem atuar.

“Qualquer time que jogar contra o Flamengo quer ganhar. Mas nós, como Flamengo, seja um time alternativo ou não, temos que honrar essa camisa”, disse o lateral-direito Rodinei. “Cada campeonato que disputa, o Flamengo sempre entra para vencer. É assim que vamos levar até o fim do ano”.

Já o Resende, após empatar com o Madureira, na estreia da Taça Rio, fora de casa, aposta que pode surpreender o Flamengo. “Será um jogo difícil, pois se trata de Flamengo, uma equipe qualificada, com jogadores que fazem a diferença. Iremos respeitá-los, mas vamos impor nosso ritmo também”, avaliou o atacante Jhulliam.

VÍDEOS