Fast ‘acorda’ para nicho de produtos oficiais e quer lucro

Diogo Rocha / vencer@diarioam.com.br

Manaus – Depois de quebrar o jejum de 45 anos sem títulos no Campeonato Amazonense, em 2016, e manter ativo o programa sócio-torcedor, o Fast Clube planeja consolidar a marca do time com o lançamento de produtos licenciados. Entre os ‘souvenirs’ e itens com a logo do Rolo Compressor para vender, haverá, canecas, chinelos, chaveiros, agendas, canetas e bonés. A propaganda já começou nas redes sociais do clube.

“Os produtos estão em fase de testes e concepção, com as empresas apresentando os protótipos. Na primeira fase do programa, serão, ao todo, dez itens com quantidades específicas. Tudo dependerá do orçamento que será aprovado, mas todos os produtos são fabricados em Manaus, por empresas amazonenses, e virão com certificado”, explicou o diretor de comunicação do Tricolor, Rafael Melo.

A previsão é de que os produtos do Fast estejam disponíveis nas lojas de materiais esportivos, como a Hiper Sport, e de varejo, antes da abertura do Estadual deste ano, que será no dia 14 de março, com o jogo entre o próprio Tricolor e o futuro vice-campeão da Série B local. Os torcedores também poderão adquirir os variados itens pela internet.

“Esperamos firmar uma parceria com a Federação (Amazonense de Futebol-FAF) e a Sejel (Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer), vamos colocar à disposição os produtos do Fast nos jogos nos quais formos mandantes. Teremos uma tenda ou loja itinerante, no estádio, para vender”, explicou Melo.

Em 2017, a meta do Rolo Compressor também será aproveitar a fase de renovação de entusiasmo pelo clube e as expectativas pelos desafios, em campo do time, com Copa Verde, Estadual e Série D do Brasileiro, para aumentar o cadastro de sócios na rede ‘Torcedor de Vantagens’.

Uma divulgação maior do programa nas redes sociais do clube tem ajudado. Atualmente, quase 100 pessoas aderiram ao ‘sócio-torcedor’, conforme o diretor de comunicação Rafael Melo. Para este ano, o Fast Clube espera alcançar até 600 associados.

“Esperamos que, com o decorrer da temporada e os resultados do Fast em campo, o programa sócio-torcedor realmente cresça como gostaríamos”, disse Melo.

A empresa DataClick, de Santa Catarina, criadora do programa ‘Torcedor de Vantagens’, que atende outros clubes do País, continua como responsável pela gestão do cadastramento e criação das estratégias de benefícios aos sócios do Fast. O link para a inscrição é www1.torcedordevantagens.com.br/fast.

São cinco planos de pagamento diferentes, de R$ 20 a R$ 200: Sócio Tricolor (R$ 20), Sócio Bronze (R$ 30), Sócio Prata (R$ 50), Sócio Ouro (R$ 100) e Sócio Diamante (R$ 200). Das categorias Bronze a Diamante, todos os sócios terão direito a voto no clube. A gratuidade na entrada dos jogos é assegurada em qualquer plano.

VÍDEOS