Flamengo encara a retranca do São Paulo

Vindo de duas vitórias seguidas, a equipe carioca enfrenta um pressionado Tricolor Paulista, no Pacaembu

Agência Estado/vencer@diarioam.com.br

São Paulo – A boa sequência no Brasileiro animou o Flamengo para o duelo contra o São Paulo, neste domingo, às 15h (de Manaus), no Estádio do Pacaembu, na capital paulista, pela 30ª rodada da Série A. Abalado pela perda do título da Copa do Brasil no final de setembro, nos pênaltis, para o Cruzeiro, o Fla parecia que oscilaria no Brasileirão.

Mas o Rubro-Negro reagiu bem nas últimas duas rodadas. Venceu a Chapecoense fora, goleou o Bahia, por 4 a 1, com gols de Réver e Diego (foto), e subiu para a sexta colocação, com 46 pontos, se colocando no grupo com vaga na Libertadores. A confiança é grande para encarar o São Paulo.

Abalado pela perda do título da Copa do Brasil no final de setembro, nos pênaltis, para o Cruzeiro, o Fla parecia que oscilaria no Brasileirão (Foto::Gilvan de Souza/Flamengo)

E, apesar do mando ser do rival, o Flamengo chega preparado para encarar um time pressionado pela luta contra o rebaixamento. Tanto que a expectativa do elenco é de enfrentar um provável adversário ‘fechado’. Neste caso, a melhor tática seria pressionar no início para abrir logo o placar.

“Muitos times estão jogando fechados contra a gente e o jogo contra o São Paulo vai ser parecido, de reta final do Brasileiro, cada um com a sua luta. Apesar de estar abaixo na tabela, é um grande time. Se a gente conseguir fazer um gol na frente, pode conseguir sair com a vitória”, avaliou o zagueiro Juan.

Mais importante até do que triunfar, segundo acrescenta o técnico Reinaldo Rueda, é o Flamengo se estabelecer como um rival difícil de ser vencido. “Com todo o respeito aos rivais difíceis, mas o Flamengo tem que lutar para ganhar seus pontos. Essa é a mística que o Flamengo precisa recuperar. De ser mau perdedor, de não aceitar as derrotas e buscar metas grandes”, cobrou o colombiano.

No São Paulo, a equipe vivia uma queda livre no Brasileiro quando enfrentou o Flamengo no primeiro turno. Não ganhava havia cinco rodadas e, depois de perder, por 2 a 0, para os cariocas, entrou na zona de rebaixamento do torneio pela primeira vez.

Nem mesmo um dos maiores ídolos da histórica do clube suportou: um dia depois do jogo, Rogério Ceni foi demitido do comando técnico da equipe. Em seu lugar chegou Dorival Junior. O time trouxe reforços, enfrentou turbulências administrativas e oscilações dentro de campo, mas, um turno depois, o sufoco continua.

O time segue arriscando cair para as últimas posições da tabela de classificação e o jogo contra o Flamengo é mais um da sequência de ‘finais’ que vem enfrentando para tentar respirar na Série A.

O São Paulo se apega ao recente retrospecto positivo como mandante: está invicto há cinco partidas jogando em casa. Foram duas vitórias e dois empates.

VÍDEOS