Em Manaus, torcedores ‘respiram’ após vitória mas seguem aflitos na Copa

Durante mais de 90 minutos, a Rua 3 do bairro Alvorada ficou lotada de torcedores que acompanharam de perto o time comandado pelo técnico Tite

Bruno Mazieri / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Depois do 0x0 do primeiro tempo e fortes críticas ao jogador Neymar, os torcedores que estiveram na Rua 3 do bairro Alvorada, zona centro-sul da cidade, nesta sexta-feira (22), respiraram ‘aliviados’ ao final do segundo tempo. Isto porque a Seleção Brasileira conseguiu marcar dois gols contra a Costa Rica, em jogo da Copa do Mundo, na Rússia. Porém, a aflição das próximas disputas ainda existe.

De acordo com Clintoln Ferreira, 21, o jogo foi ‘bastante sofrido’. “Mas apesar desse sofrimento, conseguimos ganhar e ficamos tranquilos. Estamos ansiosos pelo próximo jogo, na quarta-feira (27)”, disse ele. Ferreira também não poupou críticas ao jogador Neymar. “Ele é um cai-cai, mas tá conseguindo ajudar a Seleção de certa forma. Espero que continue no jogo e pare de cair”. Na quarta, o Brasil jogará contra a Sérvia, às 14h, horário de Manaus.

Já Bruna Silva, 28, ressaltou o ‘sofrimento’ do primeiro tempo. “No início estava bastante sofrido, mas no final foi só emoção. O Neymar está jogando pouco e pode ser substituído, talvez seja o melhor para a Seleção. É preciso que todos entendam que o time não é apenas o Neymar”, destacou ela. O comerciante João Silva, 62, ressaltou que com essa vitória o Brasil ‘toma um fôlego’. “Acho que cada vez que a Seleção ganha, ela tem um novo gás. E dessa vez não foi diferente. Estamos preparados para enfrentar a Sérvia e certamente será um jogo emocionante”.

Dois gols nos acréscimos

Foi um jogo sofrido, mas o Brasil venceu a Costa Rica por 2 a 0, com gols marcados nos acréscimos, nesta sexta-feira (22), em São Petersburgo, na Copa da Rússia. O primeiro veio dos pés de Philippe Coutinho e o segundo foi feito por Neymar, no último minuto da partida. O craque encerrou o jejum neste mundial. Mais ofensivo, o Brasil teve chances no primeiro e no segundo tempo, mas não marcou o placar no tempo normal. Na segundo etapa, o time brasileiro melhorou após as entradas de Douglas Costa e Firmino, que substituíram Willian e Paulinho, respectivamente.

Ainda no segundo tempo, Neymar caiu na área após suposto puxão de camisa da equipe adversária. O juiz deu pênalti, mas alertado pelo sistema de árbitro de vídeo, o VRA, anulou a marcação. A decisão irritou os jogadores brasileiros. Neymar e Phillipe Coutinho chegaram a levar cartão amarelo porque reclamaram de outro lance. Para alívio dos jogadores e da torcida, os dois gols do Brasil saíram nos acréscimos, com Coutinho e Neymar.

VÍDEOS