Brasil encerra preparação para duelo e Gabriel Jesus reencontra a arena alviverde

A escalação do Brasil já estava definida para o confronto

Agência Estado

A Seleção Brasileira encerrou na tarde desta segunda-feira (9) a sua preparação para o compromisso final nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018 com um treinamento no Allianz Parque, local da partida desta terça, às 20h30, com o Chile.

A atividade desta segunda também representou a Gabriel Jesus um retorno ao estádio do Palmeiras (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Como é costumeiro na véspera das partidas, a imprensa só pôde acompanhar os primeiros 15 minutos da atividade. Neste período, Tite dava mais atenção aos reservas, que trabalhavam em uma parte do campo, enquanto os titulares realizavam aquecimento com bola. O volante Arthur, que reclamou de dores musculares após o treinamento do último domingo, participou normalmente do treino e ficará à disposição do técnico para o duelo desta terça.

De qualquer forma, a escalação do Brasil já estava definida para o confronto com o Chile. As novidades da formação são as entradas do goleiro Ederson, que será testado na vaga do titular Alisson, e do zagueiro Marquinhos, que havia sido poupado no empate por 0 a 0 com a Bolívia, mas agora retorna ao time na vaga do lesionado Thiago Silva, sendo, inclusive, definido por Tite como o capitão para o confronto desta terça.

Assim, o Brasil vai entrar em campo para enfrentar o Chile com a seguinte formação: Ederson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Alex Sandro; Casemiro, Renato Augusto, Paulinho e Philippe Coutinho; Gabriel Jesus e Neymar.

A atividade desta segunda também representou a Gabriel Jesus um retorno ao estádio do Palmeiras. Hoje no Manchester City, o atacante se despediu do time paulista em 27 de novembro de 2016, na vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense, resultado que rendeu ao clube o título do Campeonato Brasileiro.

Classificado antecipadamente à Copa do Mundo, o Brasil também já garantiu o primeiro lugar das Eliminatórias, com 38 pontos. O Chile ocupa o terceiro lugar do classificatório, com 26 pontos, e joga para obter uma das quatro vagas da América do Sul no torneio na Rússia – ou, ao menos, a quinta posição, o que a levaria a participar da repescagem mundial.

VÍDEOS