Amazonense Boca vai lutar MMA na Rússia

Treinado na academia Nova União, do Rio de Janeiro, Maycon Silvan disputará três lutas, pelo mosca, na franquia Absolute Championship Berkut (ACB)

Thiago Fernando/vencer@diarioam.com.br

Manaus – A cada dia, o MMA do Leste Europeu fica mais verde-amarelo. Na última quinta-feira (14), o Absolute Championship Berkut (ACB), tradicional evento russo, anunciou a contratação do amazonense Maycon Silvan, mais conhecido como Boca, por três lutas, e podendo se tornar o quarto caso de atleta da Nova União a chegar na disputa do cinturão da categoria peso-mosca (até 56,7 quilos).

Maycon Boca apresenta um cartel de 12 vitórias e apenas duas derrotas como lutador profissional de MMA (Foto: Arquivo Pessoal)

Nascido em Manaus, Maycon Boca se destacou ainda muito jovem nos campeonatos de jiu-jítsu realizados na cidade. Muito talentoso, o atleta foi convidado pelo chefe da academia Nova União, Dedé Pederneiras, para treinar no quartel general da equipe, instalado no bairro do Flamengo, no Rio de Janeiro.

Desde a mudança, o amazonense passou a se destacar no cenário nacional conquistando títulos em eventos como Big Way e Shooto Brasil. Assim, Boca começou a chamar atenção de eventos estrangeiros. “Alguns organizadores gringos estavam mandando mensagens propondo contratos, mas não gostei. Até que um cara conseguiu entrar em contato direto comigo e perguntou se tinha interesse em fechar o contrato com o evento russo”, relembrou.

E com o aval do mestre Pederneiras, Maycon Boca decidiu disputar o Absolute Championship Berkut (ACB). “Passei as informações para o Dedé para ver a opinião dele. Tinha luta marcada no Shooto. Ele viu e achou proveitoso para a minha carreira fechar com o ACB. Assinei por  três lutas. Se vencer, eles prometeram que vou disputar o cinturão da categoria na quarta luta”, disse o atleta, que pode estrear ainda neste mês.

Como estava em preparação para o Shooto, Boca garante já estar pronto para luta na Rússia. “Vai ter evento dia 24 e 30. Eles gostam de avisar em cima da hora as lutas, mas qualquer coisa, estou preparado para entrar no ringue”, disse Boca, que ocupa a primeira colocação no ranking nacional de MMA, utilizado por muitos eventos para casar combates.

Mais um

Outro amazonense presente no evento russo é Dileno Lopes. No próximo dia 30, o atleta revelado pelo técnico Márcio Pontes, da academia Nova União, de Manaus, o mesmo que treinou José Aldo, fará sua estreia no ACB. O ex-UFC fará parte do card número 71 da organização e enfrentará o russo Dukvaha Astamirov, que tem três vitórias na carreira e apenas uma derrota.

A passagem de Dileno pelo UFC durou menos de dois anos. Nas duas vezes que subiu no octógono, o amazonense acabou derrotado por decisão dos juízes. Após ser demitido, Dileno Lopes venceu Eliel dos Santos por finalização no Shooto Brasil 70, em março desde ano. O lutador de 32 anos conta com um cartel de 19 vitórias e três derrotas.

VÍDEOS