Adriano nega aposentadoria e deseja voltar a reinar no futebol

Em entrevista à rede DAZN, na Itália, ontem, veterano atacante, de 36 anos, conhecido como ‘Imperador’ durante a passagem pela Inter de Milão, espera voltar a jogar profissionalmente no Brasil

Agência Estado contato@jornaldezminutos.com.br

Embora esteja há dois anos sem atuar, o atacante Adriano garante que ainda não encerrou sua carreira profissional. Além disso, o atacante, de 36 anos, revelou que pretende voltar a jogar no futebol brasileiro.
“Estou feliz com os amigos e minha família no Rio de Janeiro. Vivendo uma vida normal. Não me aposentei, só decidi dar uma pausa. Se surgir a oportunidade de voltar, eu voltarei, mas só no Brasil. Não consigo ficar longe da família, tenho três filhos. Voltaria a jogar no Brasil”, afirmou Adriano à rede DAZN, na Itália, ontem, no feriado de Natal.
Adriano tentou um retorno aos gramados no início do ano. Com o apoio do Flamengo, ele treinou durante vários dias, mas desistiu. Em agosto, a diretoria do Corinthians negou publicamente um suposto interesse pelo atacante, depois de uma visita ao camarote de Andrés Sanchez, na Arena Corinthians. O dirigente e o jogador são amigos pessoais.
As tentativas anteriores de retorno ao futebol também foram frustradas. Em 2016, ele fez apenas um jogo oficial pelo Miami United, time da quarta divisão do futebol norte-americano, após um acordo em que se tornou sócio do clube. Antes disso, ele atuou em quatro partidas pelo Atlético-PR, em 2014. Entre 2011 e 2012, o atacante fez sete jogos pelo Corinthians, apenas três como titular. Sua última temporada completa foi pelo Flamengo, em 2009.
O atacante, que ganhou o apelido de Imperador durante a sua passagem pela Inter de Milão, vai disputar o Jogo das Estrelas de Zico, no Maracanã, nesta quinta-feira, às 18h30 (de Manaus). Apesar da intenção de voltar a jogar apenas no Brasil, Adriano mostrou admiração pelo atacante Mauro Icardi, da Inter de Milão, e deu a entender que gostaria de atuar ao lado do argentino.
“Icardi é um grande jogador e ainda é muito jovem. Eu e ele teríamos feito uma parceria incrível dentro de campo”, comentou o veterano.

Antes de despontar na Europa, pelo time da Inter de Milão-ITA, atacante Adriano ganhou projeção brilhando pelo Flamengo no Brasileirão (Foto: Inter de Milão/Twitter)

Oferta do City
O Imperador revelou ainda que por pouco não fechou com o Manchester City, ao falar sobre a sua relação com o treinador português José Mourinho. “Quando ele chegou, eu estava indo para o Manchester City, mas ele me pediu para desistir. Ele queria me ver e falar comigo. Foi um treinador muito importante para mim. Naquela época, além do City, eu também fui procurado pelo Chelsea. Mas escolhi ficar na Inter”, revelou.

VÍDEOS