Lutador é denunciado por agressão à namorada

O lutador Bruno Augusto Holanda Mar, 36, foi denunciado à Polícia Civil (PC), por agressão à namorada, uma bancária, de 25 anos, cometida, segundo os relatos da jovem à PC, na madrugada de sábado (18), no Parque 10 de Novembro, zona centro-sul de Manaus, conforme consta no Boletim de Ocorrência (BO) sobre o caso, registrado na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM).

À polícia, a bancária disse ter sido acordada por Bruno com murros na cabeça e afirmou ter recebido ameaças de morte. Conforme o BO, Bruno tentou sufocar a bancária com um travesseiro, sendo interrompido após os parentes dele intervirem.

A tia do lutador, que não teve o nome mencionado no documento, pediu que ele levasse a vítima para a casa dela e, no trajeto, conforme relatou a bancária no BO, Bruno continuou socando o rosto dela e ainda a ameaçou de morte, caso procurasse a polícia.

Amigos da bancária, que namorava o lutador há dois meses, comentaram a agressão na rede social Facebook mostrando fotos da jovem com os hematomas deixados pelas agressões, ocorridas horas após uma discussão entre os dois. Uma das postagens teve mais de três mil compartilhamentos. Conforme o BO, a jovem será submetida a exames de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML).

A reportagem tentou contato com o lutador, por meio do telefone 8144-XX68, mas o celular estava desligado. A bancária também foi procurada pela reportagem, mas até o fim desta edição não se manifestou sobre o assunto.

VÍDEOS