Para minhas personagens

Queridas Felicidade, Luana e Enaile,

escrevo para dizer que, mesmo que vocês não se lembrem, eu as conheci durante a lida diária do jornalismo. Vocês não sabem, mas acrescentaram em mim como ser humano, profissional e mulher. Espero que isto aqui, mesmo que não chegue ao destino real, seja capaz de agradecer.

Felicidade, a senhora foi uma das minhas personagens em uma matéria especial de Dia das Mães, ainda em 2012. Eu estava com poucos meses de profissão e fui lançada ao desafio de fazer algumas matérias sobre as áreas atingidas pelas águas do Rio Negro.

VÍDEOS