Previsto para novembro de 2015, Zona Azul está em ‘análise técnica

Por Girlene Medeiros


Manaus – Motoristas afirmam que estacionar no Centro de Manaus se tornou um desafio e que, na falta de vagas, acabam reféns dos estacionamentos rotativos particulares ou mesmo de guardadores de veículos, conhecidos como ‘flanelinhas’.

O problema se agrava com a proximidade da realização dos quatro jogos da Olimpíada 2016, na cidade, nos primeiros dias de agosto. A promessa da Prefeitura era que o problema do estacionamento seria resolvido com o sistema Zona Azul, previsto para ser implantado em novembro do ano passado, mas que ainda está em fase de ‘análise técnica’, conforme informou a assessoria de imprensa do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans).

O motorista Renato Lima, 30, disse que até evita ir à área central. “Vou ao Centro em último caso, porque é um volume de carros muito grande. Já preferi ir de ônibus com minha esposa”, afirmou, acrescentando que vai ao Centro, em média, uma vez por mês e, se precisa dirigir até lá, paga estacionamento rotativo.

Já para quem precisa ir ao local de quatro a cinco vezes por semana, como o representante comercial Renato Santos, 37, o preço do estacionamento rotativo particular pesa no bolso. “Se tivesse o Zona Azul seria muito mais prático e econômico, porque já cheguei a pagar R$ 12, por dia, por uma vaga em estacionamento rotativo”, disse.

A comerciante Samira Pereira, 47, que está acostumada a chegar antes das 8h na Avenida Eduardo Ribeiro, onde gerencia uma banca de jornais e revistas, disse já ter demorado cerca de 40 minutos para conseguir vaga próximo à via. “Tem que chegar antes das 9h, porque, depois, é quase impossível conseguir estacionar e a gente tem que ficar rodando as ruas, procurando por uma vaga”, afirmou.

Zona Azul

O sistema de estacionamento rotativo Zona Azul deve ser implantado no perímetro que inclui as ruas Lourenço da Silva Braga, Ramos Ferreira, Luiz Antony e avenidas Joaquim Nabuco e Eduardo Ribeiro. Pelo sistema, o motorista poderá manter o veículo estacionado, em uma das vagas, por até três horas.

VÍDEOS