Presa dupla que utilizava ‘chapolin’ para furtar veículos, diz polícia

Manaus – O industriário José Cleyton das Silva Medeiros, 35, e Francisco das Chagas da Costa Neto, 25, foram presos pela Polícia Civil, por furtar objetos em carros, próximo a escolas particulares, na zona centro-sul. Segundo o delegado Marcelo Martins, do 16º Distrito Integrado de Polícia (DIP), eles utilizavam um dispositivo eletrônico, conhecido como ‘Chapolin’.

A prisão da dupla ocorreu na manhã da última terça-feira (17), após investigações que duraram cerca de um mês. Eles foram abordados pela polícia em frente a uma escola particular situada na Rua Guilherme Paraense, bairro Adrianópolis.

A Polícia Civil informou que 20 Boletins de Ocorrência (BO) foram registrados no 16º DIP sobre furtos a carros. “As vítimas eram, geralmente, pais de alunos. Quando elas se afastavam dos automóveis para acompanhar os filhos na entrada do colégio a dupla utilizava o dispositivo eletrônico para impedir que os carros fossem trancados e furtavam os objetos deixados no interior dos carros”, afirmou o delegado, que ressaltou que Francisco e José sempre atuavam na frente de escolas.

No momento da prisão, a dupla estava em um veículo Siena, de cor cinza, utilizado nas ações criminosas. No interior do automóvel foram apreendidos alguns objetos furtados naquele mesmo dia.

 Dupla utilizava um dispositivo eletrônico para impedir que os carros fossem travados.
                              Dupla utilizava um dispositivo eletrônico para impedir que os carros fossem travados.

Nas casas deles, localizadas nos bairros Armando Mendes e Zumbi, na zona leste, foram recuperados bolsas, carteiras de grife, joias, celulares, cartões de banco, documentos, dinheiro, óculos, perfumes, dentre outros pertences das vítimas. Também foram apreendidos nos respectivos endereços algemas, munições, balaclavas, uniformes de empresas e dois cofres. Além de ‘Chapolins’, que é um dispositivo que impede o acionamento de alarmes e travas eletrônicas.

A dupla já responde a processos por roubo, furto e adulteração de sinal identificador de veículo automotor, conforme o delegado Marcelo Martins.

Francisco e José foram autuados em flagrante por furto qualificado. Eles foram encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro, em Manaus.

VÍDEOS