Praia da Ponta Negra não será interditada, após laudo do CPRM

Foi delimitada uma nova área de banho, com uma margem de segurança, de acordo com o que o laudo do CPRM apresentou, disse a Prefeitura

Da Redação contato@jornaldezminutos.com.br

Após avaliação do laudo técnico do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) sobre as condições de uso da praia do Complexo Turístico Ponta Negra, na zona oeste, o prefeito Arthur Virgílio Neto, juntamente com técnicos do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), constatou que não há necessidade de interdição do local. Mesmo assim, o prefeito determinou reforço às orientações e cuidados aos banhistas, por conta do baixo nível do Rio Negro.

O prefeito Arthur Virgílio Neto lembrou que os banhistas que frequentam a praia devem respeitar as normas de uso e não ultrapassar o cordão de isolamento, que indica área de segurança dentro da água.

“Para nós, o mais importante é a segurança das famílias que frequentam a Ponta Negra, por isso foi delimitada uma nova área de banho, com uma margem de segurança, de acordo com que o laudo do CPRM apresentou. Além disso, continuamos com todo nosso efetivo de segurança a postos”, explicou o prefeito.

A delimitação de banho na Praia da Ponta Negra deve permanecer em cinco metros até o final deste ano e mudará conforme subida do rio ( Raquel Miranda)

O laudo do CPRM apontou uma faixa de segurança para banho de sete metros, a partir da margem. Porém, a Prefeitura diminuiu a área delimitada para banho na praia para cinco metros.

O levantamento foi realizado nos dias 7 e 8 de novembro, quando a cota do Rio Negro estava em 17,05 metros. Segundo a medição do Porto de Manaus, a cota, na última segunda-feira, encontrava-se em 17,12 metros, o que mostra que nos últimos quatro dias o rio subiu sete centímetros. Conforme o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado em 2013, junto ao Ministério Público do Estado (MP-AM), a marca de 16 metros é a cota de segurança mínima para a entrada dos banhistas no rio.

O diretor-presidente do Implurb, Claudio Guenka, explicou que todo o efetivo do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Guarda Municipal e demais órgãos que já atuam na Ponta Negra estão com suas atividades direcionadas para orientar e fiscalizar os banhistas. “É uma questão de a população entender que estamos preocupados em resguardar suas próprias vidas”, destacou Guenka.

A delimitação de banho na Praia da Ponta Negra deve permanecer em cinco metros até o final deste ano. Conforme o rio for apresentado elevação em sua cota, essa margem deve ser ampliada, depois de nova avaliação pelo Implurb e pelo Corpo Integrado de Segurança da Praia da Ponta Negra.

A praia recebeu novas placas de sinalização para alertar banhistas quanto às regras de uso, especialmente quanto à área de banho.

 

VÍDEOS