Motociclista morre após colidir contra caminhão, na Ponte Rio Negro

De acordo com a polícia, o motorista do caminhão estava trocando o pneu quando foi surpreendido pela colisão. Vítima trabalhava como mototaxista

Stephane Simões / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O motociclista Marinaldo Santos de Lima, 40, morreu após colidir com a traseira de um caminhão, que estava parado, na Ponte Rio Negro, zona oeste de Manaus, no fim da manhã desta sexta-feira (17). O corpo do homem ficou preso embaixo do caminhão.

Caso aconteceu nesta sexta-feira, na Ponte Rio Negro (Foto: Eraldo Lopes)

De acordo com o sargento do Batalhão de Policiamento de Trânsito, Augusto Oliveira, o motorista do caminhão, Luiz Jorge Trindade Corrêa, de idade não informada, relatou que o acidente aconteceu por volta das 10h30. Ele estava parado na pista, realizando a troca do pneu traseiro do veículo, de placa JWG-1937.

“Nós chegamos aqui por volta das 11h. O motorista do caminhão relatou que estava embaixo do caminhão, realizando a troca do pneu que havia furado, quando ouviu a pancada. Ele foi olhar e era o motoqueiro que estava lá”, disse. O motorista do caminhão havia colocado um triângulo na pista, sinalizando que ele estava parado, segundo o sargento.

A vítima estava identificada com uma camisa de mototaxista, porém, o sargento Oliveira não soube informar se ele tinha autorização para trabalhar na função. Ele conduzia uma motocicleta com a padronização utilizada pela categoria, de placa OAL-9472.

O Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) esteve no local para analisar as circunstâncias do acidente. O motorista do caminhão será levado a 8ª Delegacia de Iranduba, conforme informou o sargento Oliveira, onde será analisado o fato, para, assim, ser feito o enquadramento.

O corpo do mototaxista será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

VÍDEOS