Menor bebê prematuro do AM recebe alta: ‘sempre tive fé nesse momento’, diz mãe

Prestes a completar três meses de vida, Iana Valentina recebeu alta da Maternidade Moura Tapajóz. Ela nasceu com 445g e, hoje, saiu da maternidade com 1,7 quilo

Édria Caroline

Manaus – A um dia de completar três meses de vida, a pequena Iana Valentina recebeu alta, no final da manhã desta quarta-feira (28), da Maternidade Moura Tapajóz, onde estava internada desde o dia 29 de novembro, após nascer com apenas 25 semanas de gestação.

(Foto: Karla Vieira/Divulgação Semcom)

A copeira Idê Lima Martins, mãe de Valentina, não escondeu a felicidade em poder voltar para casa com a filha nos braços. “Estou aqui desde o dia 20 de dezembro, ela nasceu no dia 29. Desde lá, sempre tive fé nesse momento e ele chegou. Estou muito feliz”, contou a mãe. Iana Valentina nasceu com 445g e, hoje, saiu da maternidade com 1,775g.

Para Paula Célia Menezes, coordenadora da UTI Neonatal da maternidade municipal, a vida da pequena Valentina é uma vitória. “Cerca de 80% dos bebês prematuros que nascem abaixo de 500g não conseguem sobreviver. A Valentina, desde o nascimento, sempre apresentou resultados muito positivos e não toma qualquer fórmula, se alimenta apenas do leite materno. É uma alegria muito grande pra nós vê-la podendo ir para casa”, conta a coordenadora.

Paula ainda explica que a menor bebê prematura do Amazonas vai ficar sob o acompanhamento da equipe médica da maternidade através do método ‘Mãe Canguru’ até os três anos de idade.

VÍDEOS