Invasores voltam à APP do Corredor do Mindu, no conjunto Petros

Moradores denunciaram a presença de pessoas desconhecidas no local e demarcando lotes em área protegida

Da Redação

Brasília – Os invasores voltaram a atacar a Área de Preservação Permanente (APP) do Igarapé do Mindu, no trecho do Corredor Ecológico Urbano do Mindu, situado no conjunto Petros, bairro Coroado, zona Leste, durante o final de semana. Moradores dos condomínios situados nas proximidades denunciaram à Prefeitura de Manaus a presença de pessoas desconhecidas adentrando o local e fazendo a demarcação de lotes na área protegida. Com esse, sobe para 26 o número de focos de invasão combatidos este ano.

A invasão ocorreu na Área de Proteção Ambiental (APA) Sauim-de-Manaus (Foto: Divulgação/Semmas)

Focos de queimadas foram registrados, mas com a chegada do Batalhão de Policiamento Ambiental, os invasores fugiram. A área atingida tem, aproximadamente, 50 hectares e a intenção dos ocupantes é destruir a vegetação de grande porte no local.

No último dia 11, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e o Grupo Integrado de Prevenção às Invasões em Áreas Públicas (Gipiap) realizaram a retirada das demarcações e armações de barracos existentes no local.

O foco teve início no feriado do dia 5, levando ao local policiais do Batalhão Ambiental e fiscais da Semmas durante o final de semana. Pelo menos 70 demarcações de lotes foram encontradas. O trabalho de monitoramento da área continuará sendo realizado.

O trecho invadido do Corredor Ecológico Urbano do Igarapé do Mindu está inserido na Área de Proteção Ambiental (APA) Sauim-de-Manaus, decretada este ano.

VÍDEOS