Homem morre afogado após ser visto nadando na Ponta Negra

De acordo com os bombeiros, populares avistaram a vítima nas proximidades das boias de delimitação. Corpo foi resgatado por mergulhadores

Édria Caroline

Manaus – O corpo de um homem, ainda não identificado, foi resgatado por uma equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros, na manhã desta segunda-feira (30) na Ponta Negra, zona oeste de Manaus.

O corpo foi resgatado por mergulhadores do Corpo de Bombeiros (Foto: Divulgação)

De acordo com a assessoria de comunicação da corporação, populares avistaram um homem nadando próximo as boias de delimitação, na madrugada desta segunda, e depois de um tempo o homem não foi mais visto.

A Polícia Militar foi acionada e pediu suporte à equipe do Corpo de Bombeiros, que deslocou dois mergulhadores e a equipe de guarda vidas para o local, próximo ao anfiteatro. Ao realizar o mergulho de resgate, a equipe encontrou o corpo.

De acordo com os bombeiros, a vítima aparenta ter 1,60m de altura, pele clara, corte de cabelo baixo e estava trajando bermuda e camiseta. O corpo será removido para o Instituto Médico Legal (IML), onde permanecerá até que seja identificado por familiares.

Quarto afogamento neste ano

Esta já é a quarta morte por afogamento registrada na Ponta Negra só este ano. Em março, Francisco Silva, 33, foi vítima de afogamento no local. Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima estava bebendo e dando mergulhos no Rio Negro, na companhia de um primo. Ainda segundo a corporação, minutos depois de sumir nas águas, os mergulhadores encontraram Francisco e os guarda-vidas tentaram reanimar a vítima, mas não obtiveram sucesso.

O estudante Caic Arlisson Nápoles da Silva, 18, morreu afogado no Rio Negro, no dia 2 de abril, na área da praia da Ponta Negra, zona oeste, após tomar banho com um grupo de amigos, na tarde desta segunda-feira (2). A vítima estava “brincando” em ultrapassar a boia de segurança do rio e quando afundou não emergiu, conforme informações do primo de Caic, o entregador Rogério Santos de Almeida, 33.

Quase dois meses depois, no final de maio, uma criança de três anos também morreu na Ponta Negra, enquanto tomava banho. O Corpo de Bombeiros informou que a menina foi vítima de afogamento em grau 6 – considerado o mais grave.

VÍDEOS