Operação ‘Pentágono’ prende 12 pessoas por tráfico e homicídios em Manaus

Thiago Monteiro /Dez Minutos


Manaus – Doze pessoas foram presas durante a operação Pentágono, que ocorreu nas zonas norte e centro-oeste de Manaus, na manhã desta quinta-feira (20). A ação  teve como objetivo de combater o tráfico de drogas e homicídios. Conforme o delegado Fernando Bezerra, da 2ª Seccional Norte, o presidiário João Ricardo Santos da Costa, 35, o ‘Cacá’ mesmo cumprindo pena por tráfico de drogas no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) comandava o grupo formado por sete pessoas, que está envolvido em pelo menos oito assassinatos que ocorreram em 2016 na capital.

De acordo com Bezerra, os presos  Vinicius da Silva Sarmento, 24,  era envolvido com o transporte das drogas para organização criminosa, Bruno Figueira da Silva, 28, o ‘Bruno Matador’, participava diretamente dos assassinatos, Martha Cardelhy Ferreira, 32, mulher de Cacá ficava responsável pelo controle financeiro do grupo, Paulo Silva Pirangi, 36, era gerente do tráfico da quadrilha, Carlos Eurico Da Silva, 52, escondia drogas e armas, Aderci Pereira Marques, 41, olheiro do bando e Rayna Crisina Braga Carneiro, 28, grávida de quatro meses, mulher de Pirangi, ajudava o marido no esquema criminoso.

Além da organização criminosa desarticulada, os policiais civis prenderam durante a operação Jorge Mendes Dias, 35, Júlio Queiroz de Castro, 31, envolvidos em tentativas de homicídio, Daniel de Souza Albano, 39, o ‘Sangue Bom’ preso em cumprimento de prisão por tráfico de drogas e Elyton Cardoso Mendes, 20, envolvido com um roubo de R$ 8 mil em Amapá.


Operação apreendeu drogas e armas na manhã desta quinta
Foto: Jair Araújo

“A operação teve objetivo de combater o tráfico de drogas e homicídios. Houve uma concentração de prisão a uma organização criminosa que atuava na zona norte. Identificamos os líderes do grupo e desarticulamos o grupo. Outras pessoas foram presas aleatoriamente durante nossos trabalhos”, disse o delegado, que o bando trabalhava para uma facção criminosa da capital.

As prisões ocorreram através de mandados de prisão busca e apreensão e flagrante nos bairros Redenção, zona centro-oeste, comunidades Riacho Doce e Campo Dourado, bairro Cidade Nova, comunidade Aliança com Deus, Nova Cidade, Novo Israel e Cidade de Deus.  O mandado de prisão contra João Ricardo foi cumprido dentro do Compaj, no quilômetro 8, da Rodovia BR-174.

Durante a operação a polícia apreendeu três quilos de maconha, uma pistola 9 mm, 16 munições, uma motocicleta Twister 250, vermelha e placa JTH-4963, dois carros Voyage, preto placa DAD-7038, Palio, prata e placa AYI-5587, televisões, computadores e celulares.

João, Vinicius, Bruno, Martha Paulo e Daniel foram indiciados por tráfico de drogas. Jorge e Júlio indiciados por tentativa de homicídio. Elyton, Carlos, Aderci e Rayna por tráfico e drogas e associação para o tráfico. O grupo foi conduzido ao sistema penitenciário.

VÍDEOS