Acidentes com mortes marcam fim de semana

Fim de semana dos pais registrou, pelo menos, oito acidentes graves na capital e no interior do Estado. Entre os mais graves, está a colisão frontal que matou um soldado da PM

Gisele Rodrigues/Redacao@diarioam.com.br

Manaus – O fim de semana dos pais registrou, pelo menos, oito acidentes graves na capital e no interior do Estado, segundo dados do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado (CBMAM). Entre os mais graves, está a colisão frontal que matou o pai de duas crianças, o soldado da Polícia Militar (PM) Daniel Rodrigues Guimarães Filho, 32, na noite de sábado, em Novo Airão.

Perna amputada

Outro acidente grave ocorreu na Avenida Autaz Mirim, próximo ao Supermercado Atacadão, onde, na tarde de sábado, um idoso, de 60 anos, morreu após ser atropelado. O idoso teve a perna parcialmente amputada depois de ser arremessado em direção a um barranco. Conforme informações dos Bombeiros, o atropelamento ocorreu por volta das 15h30.

Segundo os militares, Vanganny Lima dos Santos, 29, informou que estava em um veículo prata, de placa NOZ-9271, quando outro carro o atingiu fazendo com que o carro dele girasse e atingisse o idoso. O modelo e a placa do segundo carro envolvido não foram divulgados.

Em outro acidente, um idoso morreu após ser atropelado por um carro. Foto: Divulgação

Após bater de frente com uma caminhonete modelo Fiat Touro, de placa ainda não identificada, Daniel foi arremessado a uma distância de cerca de seis metros, segundo relatou o amigo da vítima, o tenente Ladislau Neto, comandante do 6º Grupamento de Polícia Militar de Novo Airão (GPM).

O soldado, conforme o tenente, chegou a ser socorrido, mas no hospital foi evidenciada a morte cerebral dele. “Muito querido por todos da PM e da FAB onde ele serviu também. Muito triste essa fatalidade. Perdemos um amigo para o trânsito”, disse Neto. De acordo com Neto, Daniel tinha sido transferido com a família para o município há cerca de três meses.

 

Ponte Rio Negro

Outro acidente de trânsito vitimou Antônio Lemos de Lima, de idade não divulgada pela Polícia Militar (PM), na Ponte Rio Negro, sentido Iranduba, na noite de ontem. Antonio estava em um Corsa, de placa JWU-2355, e bateu na traseira de um ônibus de placa JXF-9017. Motoristas que passavam pelo local disseram que ouviram um grande barulho.

Manaustrans e Bombeiros registraram, ainda, dois acidentes graves, na Avenida Desembargador João Machado, zona centro-oeste. No início da manhã de ontem, segundo os Bombeiros, um motorista ficou preso nas ferragens depois de bater de frente com um ônibus.

VÍDEOS